Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

China é suspeita de violar redes de computadores do Serviço Postal dos Estados Unidos

Postado em: 10/11/2014, às 17:12 por Redação

A visita oficial do presidente americano Barack Obama a China, que teve início nesta segunda-feira, 10, ocorre em meio a uma situação desconfortável para o governo chinês. É que o poder central em Pequim é suspeito de violar as redes de computadores do Serviço Postal dos EUA (USPS), comprometendo os dados de mais de 800 mil funcionários.

A invasão foi descoberta em meados de setembro deste ano, disseram autoridades ao The Washington Post, que pediram para não ser identificadas. O FBI, a polícia federal americana, está conduzindo as investigações sobre o caso.

A notícia, anunciada pelo Serviço Postal dos EUA, surge justamente no dia do encontro entre Obama e o presidente Xi Jinping. O governo chinês tem repetidamente negado as acusações de que se envolve com hackers e observa que a lei chinesa proíbe a cibercriminalidade.

Invasões aos sistemas do Serviço de Informação dos EUA (Usis, na sigla em inglês), responsável por apurar violações à segurança, e de um fornecedor do departamento foram descobertas no início deste ano. Os dois casos também estavam ligados à China, disseram as mesmas fontes.

A invasão foi realizada por "um hacker sofisticado que parece não estar interessado em roubo de identidade ou fraude de cartão de crédito", disse o porta-voz do USPS, David Partenheimer. "É um fato infeliz da vida nos dias de hoje que todas as organizações ligadas à internet sejam um alvo constante para atividades de cibercriminosos", completou o diretor gerak di USPS, Patrick Donahoe, em um comunicado. "Com o Serviço Postal dos EUA não é diferente. Felizmente, não vimos nenhuma evidência de uso malicioso dos dados comprometidos e estamos tomando medidas para ajudar nossos empregados a se proteger contra qualquer uso indevido dos seus dados."

Os dados comprometidos incluem nomes, datas de nascimento, números do registro de seguridade social, endereços, datas de emprego e outras informações, disseram autoridades. Todos os funcionários do USPS foram expostos. Mas nenhuma informação dos cartões de crédito dos clientes dos correios foi violada, garantem as autoridades.

O Serviço Postal começou a notificar os funcionários nesta segunda-feira, 10, e disse que está fornecendo serviços de monitoramento grátis por um ano.

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top