Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Operação de "kit de ataque" Angler pode ter afetado mais de 90 mil sites

Postado em: 12/01/2016, às 13:25 por Redação

A Palo Alto Networks anunciou nesta terça-feira, 12, que descobriu uma operação altamente organizada que atualiza periodicamente o conteúdo malicioso em todas as páginas comprometidas da internet e todos os exploit kits ao mesmo tempo. Os scripts injetados ainda podem ficar invisíveis durante dias até detectar o alvo, seja um IP ou uma configuração específica.

O mais recente relatório da Unit 42, centro de pesquisas da Palo Alto Networks, revela que pelo menos 90 mil páginas estão induzindo os internautas ao Angler, um código usado para a instalação de malwares. Os conhecidos como "kits de ataque" ou "exploit kits" se tornaram a infraestrutura maliciosa mais impactante na internet, já que facilitam os ataques nos principais navegadores, como Explorer, Chrome e Firefox. A empresa identificou que 30 dos endereços contaminados estão entre os 100 mil maiores sites da internet destacados pela Alexa, empresa responsável por rankings de audiência da web.

O levantamento, iniciado em novembro, tem como objetivo principal alertar as companhias de antivírus, já que todo o processo dos kits de ataque dificulta a ação dos programas de proteção. O endereço que leva ao Angler se altera entre 30 minutos e uma hora e a partir disso ocorre uma sincronização para que todos os sites mudem simultaneamente para um novo endereço. Esse processo dificulta a identificação pelas empresas de antivírus, mas não a torna impossível, pois mesmo depois de baixado é possível bloquear o código antes que ele funcione.

Os agentes maliciosos estão investindo fortemente na evolução dos kits de ataque e o número de infecções cresce de forma bem considerável, por isso a empresa recomenda as empresas mantenhas os navegadores e o Flash Player atualizados, já que essas versões do Angler atacam normalmente por meio de falhas no Flash.

Tags: , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top