Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Empresas fundam Pacto Empresarial Brasileiro pela Digitalização Humanizada do Trabalho

Postado em: 13/11/2017, às 21:14 por Redação

As empresas EDP, EY, Fiap e Korn Ferry anunciam nesta segunda-feira, 13, o lançamento e a adesão ao Pacto Empresarial Brasileiro pela Digitalização Humanizada do Trabalho. O objetivo da iniciativa é a mobilização das lideranças empresariais do Brasil em um movimento humanizador da digitalização do trabalho, engajando toda sociedade e partes interessadas por meio de um ecossistema colaborativo de discussão.

As primeiras iniciativas das empresas-parceiras foram a estruturação e adesão ao Pacto Empresarial de Digitalização Humanizada do Trabalho e o anúncio de um Summit sobre o tema, a ser realizado no primeiro trimestre de 2018, que reunirá executivos e especialistas em debates sobre a robotização de processos e os impactos da utilização de sistemas robóticos na sociedade e nas companhias.

As empresas-parceiras são signatárias de 10 princípios fundamentais que regem o Pacto Empresarial Brasileiro pela Digitalização Humanizada:

• Humanização: Considerar sempre o fator humano na tomada de decisão sobre tecnologia, criando condições para que se fortaleça a capacidade de adaptação ao novo paradigma organizacional.

• Liderança: Liderar a busca de soluções e o engajamento das partes interessadas na promoção da digitalização humanizada do trabalho.

• Integração: Promover a integração entre o setor público, as organizações empresariais, entidades do terceiro setor e outras partes interessadas na busca da aplicabilidade dos conceitos da digitalização em benefício da sociedade em geral.

• Equilíbrio: Reger os vetores de equilíbrio da mudança considerando a capacidade adaptativa do indivíduo, a velocidade de absorção da organização, mudanças no contexto social e o envolvimento de demais agentes.

• Capacitação: Incentivar parcerias com entidades educacionais para assegurar a inclusão digital na grade de desenvolvimento e treinamento das pessoas envolvidas no processo de transformação do novo ambiente de trabalho.• Inclusão: Assegurar condições de igualdade no acesso às plataformas de formação profissional independentemente da idade, raça, gênero, religião, situação econômica ou social.

• Conhecimento: Colaborar ativamente na realização de estudos e pesquisas que estimulem constantemente a produção de novo conhecimento, promovendo seu compartilhamento entre todas as partes interessadas.

• Transparência: Propiciar o acesso à informação, visando uma melhor compreensão da dinâmica e impacto da transformação dentro da esfera do indivíduo, organização e sociedade.

• Segurança: Mitigar os riscos e potencializar os benefícios dos avanços tecnológicos, aplicando boas práticas de segurança da informação e governança.

• Compliance: Estar comprometido com uma atuação ética e alinhada aos princípios da conformidade.P&D em RobotizaçãoJá alinhadas com o escopo do Pacto, a EDP e a EY, juntamente com a Universidade de São Paulo (USP), deram início recentemente a um projeto pioneiro de Pesquisa & Desenvolvimento para sistemas de inteligência artificial aplicados à área de distribuição de energia.

Com investimento de R$ 8,3 milhões ao longo de 18 meses, o projeto irá estudar os impactos da automação de processos com robôs de última geração.A iniciativa visa a estruturação de um observatório de tecnologias disruptivas que analisará, entre outros temas relevantes, os impactos na formação e gestão da força de trabalho.

A partir desse estudo, será possível identificar, medir e mitigar os aspectos socioeconômicos e culturais, ajudando a definir um novo perfil para os colaboradores e corpos diretivos das empresas diante das mudanças trazidas pela aplicação de novas tecnologias avançadas. O estudo inédito no setor de energia permitirá o uso de robôs de primeira geração, que são capazes de automatizar processos manuais e repetitivos, liberando as pessoas para atividades mais analíticas e criativas. Na sequência, será realizado o mesmo estudo usando robôs de terceira geração e superior, com o uso de inteligência artificial, capazes de aprender a identificar "padrões" e tomar decisões.

Tags: , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top