Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Estudo revela que Facebook injetou US$ 10 bi na economia brasileira no ano passado

Postado em: 20/01/2015, às 12:25 por Redação

Com uma base atual de mais de 1,35 bilhões de usuários em todo o mundo, o Facebook gerou no ano passado um significativo impacto na economia global, ajudando a estimular a inovação e a desbloquear novas oportunidades através da conexão de pessoas e negócios.

É o que aponta estudo da Deloitte divulgado nesta terça-feira, 20, o qual revela que a rede social gerou um impacto econômico global de US$ 227 bilhões e 4,5 milhões de empregos ao redor do mundo em 2014. No Brasil, a plataforma foi responsável por um impacto de US$ 10 bilhões na economia local e gerou 231 mil empregos. Na América Latina, foram 1,43 milhão empregos gerados e US$ 21 bilhões injetados na economia local.

Hoje são 91 milhões de brasileiros conectados ao Facebook todos os meses e 2,1 milhões de pequenas empresas com páginas ativas. O número de brasileiros conectados a uma pequena empresa – que interagem com conteúdos publicados por elas – chega a 72 milhões de pessoas, ou 80% da base mensal. O volume é superior à média mundial, de 70%.

"O Brasil possui um grande número de empreendedores de pequeno porte e boa parte deles já descobriu como podem usar o Facebook para expandir seus negócios. Hoje uma em cada três pequenas empresas possui página no Facebook e boa parte delas já consegue se beneficiar das conexões para impulsionar vendas e também gerar empregos", diz Alexandre Hohagen, vice-presidente do Facebook na América Latina.

Marketing, plataforma e conectividade

A análise feita pelo estudo considerou três pilares: marketing, plataforma e conectividade. Considerando o impacto econômico para empresas que usam o Facebook para marketing na conexão com seus consumidores, construção de marca e para impulsionar vendas online e offline, o Brasil é o segundo país mais bem colocado em impacto econômico (US$ 8,4 bilhões) e também em empregos gerados (189 mil), ficando atrás somente de Estados Unidos. Globalmente, o Facebook foi responsável por um impacto econômico de US$ 148 bilhões e 2,3 milhões de empregos gerados em 2014, neste aspecto.

Em relação ao impacto da rede social para os desenvolvedores de aplicativos, esse ecossistema injetou US$ 600 milhões na economia e gerou 17 mil empregos no Brasil. Mundialmente, o impacto econômico foi de US$ 29 bilhões e 660 mil empregos gerados.

Por fim, o impacto criado por meio de vendas de dispositivos móveis e conectividade de internet pelo desejo de acessar o Facebook, injetou, no Brasil, US$ 1,3 bilhão na economia e gerou 25 mil empregos. No mundo, o impacto econômico somou US$ 50 bilhões e 1,6 milhões de empregos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top