Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Estudo revela que até 2022 mais da metade das empresas de manufatura estarão totalmente conectadas

Postado em: 24/08/2017, às 23:36 por Redação

Impulsionadas pela globalização, pelo aumento da concorrência e pela maior demanda dos clientes por mais opções e produtos de alta qualidade, as fábricas conectadas se tornaram uma necessidade. Pesquisa divulgada pela Zebra estima que crescerá significativamente o número de organizações com uma fábrica totalmente conectada durante os próximos cinco anos. O Estudo Sobre A Indústria Da Manufatura 2017  analisa as tendências emergentes que vão moldar o futuro da manufatura industrial. O estudo mostrou que os fabricantes adotam a IIoT para elevar os níveis de visibilidade e qualidade.

De acordo com o levantamento, as empresas de manufatura continuarão adotando a Indústria 4.0 e a fábrica inteligente. Os funcionários usarão uma combinação de identificação por rádio frequência (RFID), tecnologias wearable, sistemas automatizados e outras tecnologias emergentes para monitorar os processos físicos das fábricas e permitir que as empresas tomem decisões descentralizadas. Até 2022, 64% dos fabricantes esperam estar totalmente conectados em comparação com apenas 43% dos dias atuais.

Ainda segundo o estudo, metade dos fabricantes está planejando adotar tecnologias wearable até 2022. Cerca de 55% dos usuários atuais de tecnologias wearable esperam ampliar o nível de utilização nos próximos cinco anos. Os processos manuais devem diminuir em 62% das empresas que usam papel para controlar processos essenciais de manufatura. Segundo o estudo, este tipo de processos ocorrer em apenas em uma em cada cinco empresas de manufatura em 2022.

Executivos de todas as regiões mencionaram a garantia de qualidade como principal prioridade nos próximos cinco anos. Empresas com visão de futuro adotam uma filosofia orientada à qualidade para impulsionar o crescimento, o desempenho e a rentabilidade. Até 022, apenas 34% esperam qualificar para essa prioridade como uma de suas principais preocupações – notando que as melhorias feitas, tanto por fornecedores quanto por fabricantes iguais, finalmente vão elevar a qualidade dos produtos acabados.

Os fabricantes afirmaram que os investimentos em visibilidade vão apoiar o crescimento de toda a sua operação. A parcela de 63% citou o rastreamento com uma combinação de tecnologias como foco central (por exemplo, digitalização de códigos de barras, RFID e sistemas de localização em tempo real (RTLS)), que deverá ser implantado para alcançar a visibilidade desejada.

51% das empresas planejam expandir o uso da tecnologia de voz nos próximos cinco anos. O crescimento mais significativo da tecnologia  será nas maiores empresas (> US$ 1 bilhão) com um uso que atingirá o patamar de 55% até 2022.

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top