Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mobile ultrapassa pela primeira vez receita de toda publicidade da Internet nos EUA

Postado em: 26/04/2017, às 21:19 por Redação

A propaganda móvel representou mais da metade (51%) dos US$ 72,5 bilhões gastos pelos anunciantes no ano passado, de acordo com o mais recente estudo IAB – Internet Advertising Revenue Report, divulgado nesta quarta-feira,26, pela entidade norte-americana, e preparado pela PwC US. O total representa um aumento de 22%, ante US$ 59,6 bilhões em 2015. A publicidade mobile experimentou um aumento de 77% em relação aos US$ 20,7 bilhões no ano anterior, atingindo US$ 36,6 bilhões em 2016.

Segundo a publicação Advertising Age, pela primeira vez a verba combinada de publicidade mobile e no desktop ultrapassou a verba da TV, que captou cerca de US$ 71,3 bilhões em receitas domésticas em 2016, de acordo com a eMarketer, um pouco abaixo da publicidade digital de US$ 72,5 bilhões no relatório de receitas de anúncios digitais do IAB.

Outros destaques do relatório incluem:

*O vídeo digital atingiu recorde de US $ 9,1 bilhões em 2016, um aumento de 53% em relação ao mesmo período do ano passado, de US $ 5,9 bilhões em 2015.

*Nos dispositivos móveis, a receita de vídeo subiu vertiginosamente, mais do que duplicando – 145% ano-a-ano – para quase US$ 4,2 bilhões.

*A publicidade em mídias sociais gerou US$ 16,3 bilhões no ano passado, subindo 50% em relação aos US $ 10,9 bilhões de 2015.

*As receitas de pesquisa atingiram quase US$ 35 bilhões em 2016, um aumento de 19% em relação aos US$ 29,5 bilhões em 2015.

*O áudio digital, medido pela primeira vez neste relatório, trouxe receitas de US$ 1,1 bilhão em 2016.

*O varejo, que representa 21,3% dos gastos com publicidade pela Internet em 2016, os Serviços Financeiros em 13,3% e os automóveis em 12,5%, continua com a maior participação da categoria, com a Média (5,2%) acelerando 13% em relação a 2015.

"O celular alimentou a economia da internet em 2016, com os anunciantes mostrando sua confiança no digital para atingir seus objetivos de marketing", disse Randall Rothenberg, presidente e CEO da IAB. "Este compromisso crescente é um reflexo da mudança de marketing contínua das marcas de 'mobile-first' para 'mobile-only', a fim de manter o ritmo com os consumidores on-the-go de hoje.

"Em um mundo móvel, não é nenhuma surpresa que as receitas de publicidade móvel agora ocupam mais de metade da participação no mercado digital", disse David Doty, vice-presidente executivo e CMO da IAB. "A poderosa capacidade do vídeo digital de atrair públicos interessados ??atrai naturalmente maiores investimentos. As apresentações da NewFronts da próxima semana mostrarão o mais recente conteúdo de vídeo digital original, com certeza despertando um interesse ainda maior de comerciantes e compradores de mídia ".

"As tendências móveis, sociais, de vídeo e programáticas se combinam para redefinir o cenário digital, proporcionando acesso sem precedentes para que os anunciantes alcancem os consumidores", disse David Silverman, sócio da PwC US. "O áudio digital, que gera US$ 1,1 bilhão em 2016, fala da evolução contínua de novos formatos que permitem aos profissionais de marketing encontrar audiências em casa, atrás de suas mesas ou onde quer que estejam".

IAB 2016 Relatório Anual 

Comparação dos dados de 2016 e 2015

Full Year
2015
Full Year
2016
% $ % $
Revenue (Ad Formats)
Search 34.4% $20,481 24.5% $17,756
Classifieds and Directories 4.6% $2,757 3.2% $2,345
Lead Generation 2.9% $1,756 2.7% $1,989
Mobile 34.7% $20,677 50.5% $36,641
Display-related
    – Digital Video Commercials 7.1% $4,236 6.8% $4,898
    – Ad banners / display ads 13.0% $7,745 10.2% $7,377
    – Sponsorships 1.1% $649 0.6% $422
    – Rich media 2.1% $1,251 1.5% $1,093
        Total display-related 23.3% $13,881 19.0% $13,790
Revenue (Pricing Models)
Impression-based 33.5% $19,942 34.6% $25,085
Performance-based 64.9% $38,644 64.0% $46,432
Hybrid 1.6% $965 1.4% $1,004

O ano passado fechou em uma nota particularmente forte, porque a renda de quarto trimestre bateu um recorde de US$ 21.6 bilhões, um aumento de mais de 24% ano-em cima de ano. Além disso, o celular teve uma parcela ainda maior da receita de publicidade digital do último trimestre nos Estados Unidos do que em 2016, com 53% da receita total no quarto trimestre.

O gráfico a seguir mostra a receita de publicidade trimestral desde que a IAB começou a mensurá-la em 1996. Os números de dólar são arredondados.

IAB patrocina o IAB Internet Advertising Revenue Report, que é realizado de forma independente pelo New Media Group da PwC. A receita do quarto trimestre de 2016 é estimada com base em uma amostra representativa dos entrevistados. Os resultados são considerados uma medida razoável das receitas publicitárias interativas porque os dados são compilados diretamente a partir de informações fornecidas por empresas que vendem publicidade na Internet. A pesquisa inclui dados referentes às receitas de publicidade on-line de sites da Web, serviços comerciais online, provedores de e-mail gratuitos e todas as outras empresas que vendem publicidade on-line.

O relatório completo é emitido duas vezes por ano para dados completos e semestrais, e são emitidas estimativas trimestrais para o primeiro e terceiro trimestres. A PwC não audita as informações e não fornece opinião ou outra forma de garantia relativamente às informações.

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top