Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Índice de fraudes no comércio eletrônico brasileiro chega a 3,98% em 2014

Postado em: 26/05/2015, às 17:37 por Letícia Cordeiro, da Teletime

Com uma carteira de mais de 1,6 mil clientes e um total de 80 milhões de pedidos autenticados no último ano, a fornecedora de soluções antifraude ClearSale conseguiu evitar fraudes que somariam R$ 324 milhões em transações comerciais nos segmentos de e-commerce, telecomunicações e mercado financeiro. A estimativa do "Mapa de Fraude" no Brasil 2014 da ClearSale é de que o índice de tentativas de fraude de compras na internet no país ficou em 3,98% no ano passado, ou seja, a cada R$ 100 em compras, R$ 3,98 são compras ilegais.

A região com o maior índice de fraudes é o Sudeste, com 3,57%, e a maior procura dos fraudadores é por consoles e jogos de videogame, com 13,74%, seguido de telefones celulares (7,09%), eletrônicos (4,89%), informática (3,74%) e artigos esportivos (2,90%).

Verticais

Originalmente brasileira, a ClearSale analisa hoje 80% de todas as transações do e-commerce brasileiro. "A empresa foi fundada em 2001 e começamos a trabalhar com a Americanas.Com em 2003 e a partir de 2011 passamos a atender outras verticais, como o setor de telecomunicações e emissores de cartões (em 2012)", lembra o gerente de Inteligência Estatística da ClearSale, Omar Jarouche. A ClearSale usa ferramentas estatísticas para análise de probabilidade de fraudes em uma base única de informações de consumidores, "e não compartilhada entre os clientes", enfatiza o executivo.

A ClearSale funciona como um filtro de clientes já no pré-venda, no pedido de aquisição de produtos e serviços na operadora de telefonia fixa, móvel ou de TV por assinatura. "O agravante da fraude em telecom é que serve de comprovante de endereço, para abertura de conta em bancos ou mesmo para conseguir um decoder de TV por assinatura e vendê-lo", conta. Sem revelar o nome da operadora, Jarouche diz que após implementar a solução em uma prestadora de telecom que tinha índice de 83% de aprovação de clientes e 3% de fraude, os números passaram a 97% de aprovação e 0,7% de fraude. "Isso tem impacto não apenas no maior número de aprovação de vendas e menos fraudes, impacta nos custos com perdas de equipamentos e menos passivos judiciais", diz.

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top