Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Fintech catarinense lança serviços financeiros aos desbancarizados

Postado em: 26/12/2016, às 11:40 por Redação

Propor soluções financeiras de forma ágil e segura aos desassistidos das classes C e D, especialmente pequenas e médias empresas. Este é o principal objetivo da fintech SD Bank, que se lança para o mercado nacional oferecendo várias operações financeiras online, tais como pagamentos, transferências, cobranças programadas, emissão de boletos, cartão pré pago e cheque digital, sua maior aposta.

A startup catarinense SD Bank é uma entre as mais de 200 fintechs brasileiras que acreditou neste segmento para se conectar com seu público-alvo, os desbancarizados. Estima-se que esse número alcance cerca de 55 milhões de brasileiros. Até recentemente, o foco das grandes instituições financeiras eram pessoas de classe média e alta. Um exemplo são as enormes filas em bancos e lotéricas de pessoas que querem apenas pagar contas, operação financeira que pode ser realizada facilmente via smartphone.

Não muito distante, as micro e pequenas empresas também têm dificuldade de acessar serviços financeiros. Além disso, estas empresas não conseguem dispor de alternativas de pagamento para seus clientes, pois as mensalidades e taxas das administradoras dos cartões são muito altas (em média 5% por transação), o que impactam no resultados financeiros.

Foi pensando em atender essas lacunas, que cinco empreendedores se uniram e criaram o SD Bank. A missão é socializar o acesso aos serviços financeiros essências e empoderar consumidores e vendedores nas relações comerciais.

"Queremos que as pessoas possam aproveitar o tempo com aquilo que realmente interessa a elas. Faremos nossa parte, menos burocracia, mais facilidade ao acesso aos serviços financeiros essenciais e por fim, permitir que cada estabelecimento decida se vai ou não pagar a taxa de risco. Os millennials, a conhecida geração Y, incorporam com mais facilidade as novas propostas em todos os setores. Nosso maior desafio será ultrapassar a barreira muitas vezes imposta pelas gerações anteriores, que por uma questão cultural ainda sentem dificuldade de adaptar-se ao novo. É uma questão de novos hábitos", aponta Adriano Silveira, CEO da SD Bank.

Soluções financeiras

Emitir boletos, realizar pagamentos de contas, executar transferências e pagamento digital à vista, efetuar compras em mais de 3 milhões de estabelecimentos com cartão pré pago (bandeira Mastercard) e emitir cheque digital. Essas são as soluções financeiras online que a SD Bank passa a ofertar aos seus usuários. A maior aposta da startup é no cheque digital.

O cheque é atualmente o meio de pagamento mais flexível, e um dos mais antigos, existente no mercado mundial. Mas, por não ter sido atualizado ao longo dos anos, foi perdendo espaço para os cartões, principalmente, para as compras de pequenos valores. Através do cheque digital, a SD Bank quer gerar mais segurança nesses tipos de transações, já que, quando comparado ao método tradicional, ele apresenta inúmeras vantagens – independente do valor da compra.

Enquanto na versão tradicional existe um alto potencial de falsificação e roubo, a na nova proposta isso não ocorre por não haver emissão de papel. As transações são online. Outro benefício, especialmente ao credor, é que na versão tradicional o cheque impresso pode ser devolvido por vários motivos (falsificação de assinatura, rasuras, identidade falsa etc), na versão digital o único motivo é o saldo insuficiente. Mas, caso ocorra do emissor vir a ter esta dificuldade, o aplicativo permite que o emissor negocie mais prazo com o credor. Outras vantagens do cheque digital são controle anti-furto, através de digital do usuário no aplicativo; compensações e notificações automáticas online, o que evita filas bancárias e outros estabelecimentos; análise de perfil e abertura de conta online, evitando constrangimento físico;  e maior segurança, minimizando assaltos numa possível compensação presencial, por exemplo.

Para garantir confiança e tranquilidade aos usuários – empresário ou pessoa física -, a SD Bank previu alguns itens de segurança, como a senha via Touch ID (com a digital). Outro item fundamental foi garantir que o usuário só conseguirá emitir um novo cheque digital, se não possuir nenhuma pendência financeira quanto às emissões anteriores. Ou seja, o aplicativo irá bloquear automaticamente novas emissões caso identifique alguma irregularidade.

A SB Bank está sediada no ecossistema de inovação de Palhoça, na Grande Florianópolis (SC) e no momento está em busca de mais parcerias. Já firmou parceria com a Acesso / MasterCard, operadora de cartão com aceitação em todo Brasil e no mundo, para a modalidade do cartão pré-pago. A startup está na fase final dos testes do aplicativo, que deve ser lançado em fevereiro de 2017.

Tags: , , , , , , ,

1 Comentário

  1. Carlos disse:

    Interessante…

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top