Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Universidade cria programa de agricultura digital na tentativa de ampliar a produção de alimentos

Postado em: 27/09/2017, às 16:32 por jackeline

A Faculdade de Agricultura da Universidade de Purdue está aplicando tecnologia WiFi e HPE Edgeline da Aruba, uma empresa da Hewlett Packard Enterprise (HPE), no programa agricultura digital. Implantada na estação de pesquisa de campo Agronomy Center for Research and Education (ACRE), de 1.408 acres, a iniciativa visa desenvolver soluções para ampliar a produção global de alimentos.

O projeto de agricultura digital coleta terabytes de dados diariamente usando vários tipos de sensores, câmeras e informações fornecidas por pessoas. Para reunir, agregar, processar e transmiti-los de volta para o supercomputador HPE na Purdue, a universidade está utilizando uma combinação de soluções sem fio para conectividade móvel e Sistemas de Segurança de Acesso Convergente, o HPE Edgeline, para computação.

O resultado é uma infraestrutura de TI centrada na agricultura, incluindo avançados sensores e dispositivos de Internet das Coisas (IoT) que permitirão aos pesquisadores da Purdue estudar e melhorar os processos de crescimento das plantas e de produção de alimentos.

O programa de agricultura digital da Purdue inclui vários projetos de pesquisa que fornecem conectividade remota para os pesquisadores do ACRE em laboratórios em campo que utilizam dispositivos móveis para inserir e enviar informações via Wi-Fi, primeiro para os sistemas HPE Edgeline localizados na borda, depois para um data center HPC, onde a informação coletada é analisada.

Situado na região rural do centro-norte de Indiana, o ACRE abriga o Centro de Inovação de Milho e Soja do estado, um polo de fenotipagem de campo automatizado de US$ 15 milhões, com tecnologias de ponta para processamento de plantas e sementes, sensores avançados e gerenciamento de dados. O ACRE emprega mais de 100 estudantes e pesquisadores envolvidos em inúmeros projetos de pesquisa, desde estudos básicos aplicados a agricultura, engenharia, aviação e ciência da computação.

Um benefício importante da infraestrutura da Aruba e HPE é a melhoria da produtividade, levando a resultados de pesquisas mais rápidos e melhores. Permite aplicativos AgTech que substituem muitos processos manuais, aumentando a velocidade e a precisão da pesquisa. Por exemplo, em estudo com sementes, os pesquisadores que usam dispositivos móveis em campo podem transmitir rapidamente informações sobre o crescimento para os laboratórios centrais, que analisam rapidamente o impacto dos níveis da água, as quantidades de fertilizantes e os tipos de solo que estão plantadas.

Por sua vez, os laboratórios podem compartilhar sua análise e transferir essas informações de volta ao campo para que façam ajustes rapidamente.Juntas, a Purdue e a HPE Aruba desenvolveram uma série de inovações da AgTech que estão mudando consideravelmente a velocidade com que os pesquisadores coletam informações e compartilham as práticas recomendadas, melhorando os processos agrícolas e de produção de alimentos.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top