Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

SWIFT lança novo serviço de continuidade de negócios para pagamentos de alto valor

Postado em: 11/03/2014, às 19:16 por Redação

SWIFT lança nova solução de continuidade de negócios para oferecer suporte a sistemas de pagamentos globais. Desenvolvido pelo seu Serviço de Resiliência em Infraestrutura de Mercado (Market Infrastructure Resiliency Service – MIRS) é um sistema de backup para Liquidação Bruta em Tempo Real (Real Time Gross Settlement – RTGS), que consiste em plataformas eletrônicas para a liquidação contínua de pagamentos de alto valor e em mais de uma moeda entre bancos.

Bancos centrais e infraestruturas do mercado financeiro utilizam sistemas de RTGS para garantir a liquidação efetiva de transações de pagamento de alto valor. Por ser uma plataforma de backup, o MIRS oferece uma terceira linha de suporte a operadores de RTGS que se depararem com problemas nos sistemas de backup de primeira e segunda linha. A partir de sua ativação, o MIRS oferece as funções básicas necessárias para finalizar a liquidação de cada transação em tempo real. Após a implementação do MIRS, os operadores do RTGS continuam tendo total controle do serviço, enquanto que a SWIFT administra as operações técnicas.

Juliette Kennel, chefe de Infraestruturas de Mercado da SWIFT, declarou que "considerando o papel importante desempenhado por sistemas de RTGS na economia mundial, é essencial nos protegermos de forma eficiente contra interrupções operacionais, além de administrarmos os riscos relacionados. O MIRS oferece infraestruturas de mercado com as ferramentas necessárias para manter a normalidade das operações, mesmo no caso improvável, porém de alto impacto, de suas defesas de primeira e segunda linha falharem".

Banco da Inglaterra adota o MIRS

Desde julho de 2011, a SWIFT tem trabalhado com diversos bancos centrais, incluindo o Banco da Inglaterra, a fim de identificar os requisitos necessários para que as funções de RTGS operem normalmente em caso de interrupção nas localidades existentes. No final de 2013, o Banco da Inglaterra concluiu um piloto e testou com sucesso o MIRS com a comunidade do Sistema de Pagamentos Automatizados da Câmara de Compensação (CHAPS). O CHAPS é um regime de pagamento do Reino Unido que processa e liquida pagamentos, tanto sistematicamente importantes quanto sensíveis ao tempo, em libras esterlinas. Em 24 de fevereiro último, o Banco da Inglaterra implementou o MIRS, aumentando ainda mais a resiliência do seu serviço de RTGS, o Sistema de Pagamentos de Alto Valor do Reino Unido (High Value Payments System – HVPS). Com a utilização do MIRS, o RTGS do Banco continuará funcionando normalmente mesmo em caso de interrupções em suas duas localidades atuais.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top