Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

CyberWars: acho que já vi esse filme

Postado em: 02/06/2017, às 19:53 por André Duarte

Não muito tempo atrás, em um departamento de TI próximo a você, uma ciberinvasão pode ter começado. Neste artigo, farei uma alusão às situações de cibersegurança com títulos e sinopses de filmes mostrando como a falta de investimentos e riscos associados podem levar à horrores, dramas e aventuras na sua empresa. Peguem sua pipoca e vamos lá.

O dia em que a empresa parou (Terror)

Inicialmente invisível, como um vírus, algo torna os computadores e servidores da empresa em zumbis. Alguns usuários não conseguem acessar a rede e, parar piorar, alguns arquivos não abrem: ficaram ilegíveis. Ninguém na empresa consegue trabalhar. Desesperados, acionam a equipe de TI, a quem cabe agora resolver esse enigma.

Lição: esteja sempre antenado às ciberameaças, novas e antigas, como se proteger e, ainda, como responder adequadamente para mitigar os riscos.

Apertem os cintos, os dados sumiram (Suspense)

O departamento de TI, em estado de choque, percebe que os dados da empresa foram criptografados por um malware; mais precisamente, um ransomware. Além disso, descobrem que não têm backup de uma parte dos dados críticos para a operação do negócio. Só há duas maneiras de resolver esse problema: recuperando o backup e aceitando certa perda ou pagando o resgate. E o tempo é curto.

Lição: planejar melhor para não perder dinheiro e dados mais à frente. Há muito o que se pode fazer para não sair no prejuízo com um ataque de ransomware.

O resgate do seu dado: ransomware (Drama)

Após ter alguns de seus arquivos aprisionados por um malware, a equipe de TI tenta resgatá-los a qualquer custo. Neste sequestro incomum, a exigência é um placar alto num game difícil para liberar os arquivos.

Lição: as exigências dos hackers nem sempre são financeiras, não conte com isso. Conhecer seus inimigos é parte fundamental para saber se defender deles.

Botnet: os invasores do ciberespaço (Ação)

Dominando dispositivos ligados à internet, uma rede de robôs virtuais toma conta dos seus recursos de processamento e acesso à grande rede. Abusando deste controle, são comandados a efetuar ciberataques, se espalhando e gerando caos. Tem-se início uma ciberguerra sem precedentes.

Lição: a ameaça pode vir de onde você menos espera. Monitorar o ambiente de segurança de TI, incluindo os ativos mais críticos, é essencial para identificar as ameaças a tempo de evitar perdas.

CSO: a esperança (Romance)

Um diretor em sua luta para ajudar sua empresa a entender a necessidade de cibersegurança. Linha dura contra os hackers e motivado por sua missão, tenta justificar os investimentos na área mantendo a empresa operacional e sem violações de segurança.

Lição: ouça quem entende do assunto e compreenda a importância da segurança da informação. O assunto requer atualização, dedicação e expertise para a defesa adequada nesse cenário de constantes mudanças.

Threat Intelligence: invasão impossível (Ação)

Reconhecidamente a mais evoluída técnica de colaboração do mercado hoje para impedir ciberameaças, tem sua prova de fogo quando hackers planejam um ataque global coordenado.

Lição: conheça o potencial das ferramentas disponíveis no mercado para lidar com ciberameaças.

NG-Firewall (Drama)

Um jovem firewall, ainda permissivo e que se recusa a aceitar regras, enfrenta os ciberdesafios de amadurecer e evoluir com o tempo.

Lição: estude os firewalls modernos; eles podem muito mais do que antes imaginado.

Se meu SIEM falasse (Aventura)

Analista de segurança da informação e sua ferramenta de SIEM encaram aventuras lidando com os mais diversos comportamentos do mundo cibernético.

Lição: o SIEM deve ser atualizado com novas regras acompanhando a evolução e complexidade dos ataques.

Hackers do [email protected] (Suspense)

As suspeitas de ciberataques recentes levam uma organização a crer que os responsáveis estariam no Caribe, mas nem tudo é o que parece ser quando vários países entram na história.

Lição: identificar a origem de um ciberataque nem sempre é tão óbvio.

E o hacker levou (Terror)

Uma empresa começa a ter sucessíveis vazamentos de dados na internet, manchando sua reputação frente aos investidores e consumidores, e vê despencar o valor de suas ações. Mas por onde vazaram e quem é o responsável? Conseguiria a empresa impedir sua falência?

Lição: não seja pego de surpresa, monitore seu ambiente.

Esqueceram da SI (Drama)

Uma organização crescia rapidamente alcançando muito sucesso e bons lucros. Investiam pesado em tecnologia e pessoas, mas faltava algo que, mais tarde, levaria a arrependimentos e perdas.

Lição: sua empresa ainda não investe em segurança da informação (SI)? Ela também faz parte do sucesso.

E então, já viu algum desses filmes no seu departamento? Qualquer semelhança não é mera coincidência. No entanto, a graça do texto não se compara ao sentimento vivido na realidade. Investimentos em cibersegurança podem ajudá-lo a evitar que muitos dos horrores e dramas acima aconteçam na sua empresa. Conscientize não apenas sua equipe e os colaboradores, mas também a alta direção, para entenderem que esquecer da SI e não dar sua real importância pode custar muito mais que um resgate de ransomware ou a operação parada por algumas horas. Pode custar o sucesso da própria empresa.

André Duarte, coordenador de Operações do Arcon Labs.

Tags: , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top