Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Lançada iniciativa global de cybersegurança para cidades digitais

Postado em: 01/06/2015, às 12:56 por Redação

Está sendo lançada nesta segunda-feira,1, uma nova iniciativa global sem fins lucrativos, a Securing Smart Cities. Com o apoio de grandes pesquisadores, empresas e organizações da área de TI, como IOActive, Kaspersky Lab, Bastille e Cloud Security Alliance, o projeto tem como objetivo solucionar os desafios de cibersegurança  enfrentados pelas cidades inteligentes por meio da colaboração e do compartilhamento de informações.

O grupo atuará como um centro de comunicação entre empresas, governos, agências de notícia, organizações sem fins lucrativos e indivíduos do mundo inteiro envolvidos na criação, aprimoramento e promoção de tecnologias inteligentes e seguras para as cidades modernas.
O conceito das cidades inteligentes é bastante atual e há muitas organizações trabalhando em soluções para tornar as áreas urbanas mais eficientes em termos de consumo de energia, conforto, ecologia e segurança física. Infelizmente, poucas consideram a questão da segurança digital. Quanto mais organizações de TI participarem da criação das cidades inteligentes, maior será o risco potencial envolvido. Devido ao custo e à complexidade das cidades inteligentes, se a segurança não for tratada logo no início, será muito difícil lidar com esses problemas depois. No final, essas cidades acabariam ficando vulneráveis.

O objetivo da iniciativa Securing Smart Cities é evitar que isso aconteça, por exemplo:

  • Informando urbanistas e fornecedores sobre a importância e as vantagens financeiras da adoção de práticas recomendadas de segurança;
  • Colaborando com parceiros no compartilhamento de ideias e metodologias;
  • Reforçando a importância e os benefícios da introdução da segurança logo no início do ciclo de desenvolvimento de um planejamento ou projeto;
  • Promovendo parcerias entre cidades, fornecedores e a comunidade de segurança;
  • Criando normas, diretrizes e recursos para ajudar a melhorar a cibersegurança em todas as áreas relacionadas às cidades inteligentes.

Os participantes da Securing Smart Cities acreditam que essa iniciativa ajudará a compartilhar conhecimento sobre a segurança digital das cidades modernas de forma eficiente e responsável. Ela será a conexão entre fornecedores de equipamentos de automação de infraestrutura e pesquisadores de segurança preparados para confirmar o funcionamento seguro desses produtos. Também reunirá a administração das cidades com a comunidade de segurança para trabalharem em conjunto na resolução dos novos problemas da cibersegurança.

"Não se pode resolver a segurança digital de uma cidade inteligente moderna sozinho. O conceito envolve tantas tecnologias diferentes, que se comunicam entre si de tantas maneiras, que a única forma de prever e eliminar todas as questões de segurança possíveis é com a colaboração de especialistas de todo o mundo. E esse é o objetivo do projeto Securing Smart Cities", diz Cesar Cerrudo, CTO da IOActive e membro do conselho da iniciativa.

"As cidades inteligentes representam uma enorme oportunidade de crescimento, sustentabilidade e melhoria social. No entanto, os projetos não podem ser apenas inteligentes, também precisam ser seguros. A utilização de tecnologias integradas e o aproveitamento da "Internet das coisas" na infraestrutura das cidades gera um risco que deve ser considerado e monitorado para garantir a segurança da população. Vamos trabalhar junto aos urbanistas e às construtoras para conscientizá-los sobre ameaças virtuais e compartilhar informações sobre como atenua–las antes que afetem as pessoas", declarou Chris Rouland, fundador e CEO da Bastille e membro do conselho da Securing Smart Cities.

"A Securing Smart Cities visa solucionar os problemas cibernéticos em cada etapa do desenvolvimento dessas cidades, do planejamento até a implementação efetiva das tecnologias inteligentes. Convidamos as administrações municipais, os fornecedores de equipamentos e software e os pesquisadores de segurança a participar dessa discussão", diz Patrick Nielsen, principal pesquisador de segurança da Kaspersky Lab e membro do conselho da Securing Smart Cities.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top