Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Trend Micro prevê proliferação de ataques direcionados em 2015

Postado em: 04/11/2014, às 18:29 por Redação

A Trend Micro divulgou seu relatório anual de prognósticos "Previsões da Trend Micro Security para 2015 e além: O invisível se torna visível", onde destaca que ataques direcionados se tornarão frequentes em mais países no próximo ano. Isso acontecerá porque os hackers usuais tiveram sucesso ao encontrar vítimas por todo o mundo. Além disso, o relatório alerta sobre outras sete ameaças previstas para o próximo ano, incluindo bancos e sistemas de pagamento.

De acordo com o documento, campanhas de ataques direcionados irão continuar a se multiplicar em 2015, depois dos cibercriminosos terem conseguido violações notáveis por meio dos ataques direcionados nos Estados Unidos. Os especialistas em defesa de ameaças preveem que hackers de países como Vietnã, Reino Unido e Índia irão persistir no uso de ataques direcionados e serão vistos ataques contra países não tradicionais, como identificado recentemente contra organizações baseadas na Malásia e na Indonésia.

"O que estamos vendo hoje não é uma grande surpresa, mas sim medidas brutais e muito rápidas que os cibercriminosos estão utilizando para roubar informação", diz Raimund Genes, CTO da Trend Micro. "Seguindo o sucesso dos ataques direcionados realizados por cibercriminosos chineses e russos, muitos hackers de outros países irão considerar os ciberataques como um método mais prático de conseguir um ponto de apoio dentro de uma organização. Além disso, com o grande número de violações de dados que surgem diariamente, é possível presumir que elas serão essencialmente consideradas como um ramo comum no cenário atual de segurança".

Ameaças relativas a atividades bancárias continuarão se tornando mais severas na medida em que os ataques do cibercrime contra instituições financeiras emergem, por isso, instituições bancárias e financeiras devem implementar autenticação de dois fatores para serviços online.

"O ecossistema de pagamento irá continuar evoluindo", diz JD Sherry, vice-presidente de Tecnologia e Soluções da Trend Micro. "Nós continuaremos a ver os autores das ameaças tentando manipular o NFC – Near Field Communication – à medida que certas plataformas ganham destaque – devido ao seu número de seguidores e à tendência dos usuários de adotarem a maior, melhor e mais recente tecnologia".

Destaques do relatório de previsões para 2015:

* Mais cibercriminosos se voltarão para darknets – rede fechada a um grupo privado de pessoas – e fóruns de acesso exclusivo para compartilhar e vender crimeware.

*Ciberatividade maior irá ser traduzida em melhores, maiores e mais bem sucedidas ferramentas e tentativas de hackeamento.

* Kits de exploração irão ter como alvo o Android, uma vez que as vulnerabilidades móveis têm um papel maior na infecção de dispositivos.

* Ataques direcionados irão prevalecer no cibercrime.

* Novos métodos de pagamento móveis irão introduzir novas ameaças.

* Veremos mais tentativas de explorar vulnerabilidades em aplicativos de código aberto.

* A diversidade tecnológica irá salvar os dispositivos da Internet das Coisas de ataques massivos mas o mesmo não acontecerá com os dados que eles processam.

* Ameaças mais severas de online banking e outras ameaças motivadas pelo setor financeiro surgirão.

As previsões de segurança Trend Micro para 2015 também incluem um aumento continuado na exploração de dispositivos inteligentes, como câmeras inteligentes, aparelhos e TVs, uma vez que os cibercriminosos se tornam mais agressivos nos ataques a essas plataformas, bem como as organizações que gerenciam os dados.

Com fatores como a pressão do mercado para o lançamento de mais e mais dispositivos inteligentes, atacantes irão encontrar cada vez mais vulnerabilidades a explorar para seu próprio ganho. "Casas inteligentes e automatizadas continuarão a proliferar em todo o mundo, aumentando ainda mais todas as superfícies de ataque", disse Sherry. "Assim, fabricantes de dispositivos inteligentes devem considerar como proteger os dados que residem nestes dispositivos, e não apenas os próprios dispositivos".

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top