Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Stefanini cria solução antifraude para compensação de cheques por captação de imagem

Postado em: 26/02/2014, às 10:58 por Redação

A Stefanini anuncia a criação de uma solução antifraude para compensação de cheques por captação de imagens, tendo todo o ciclo automatizado por engines. Ela foi criada pela unidade da Stefanini localizada em Recife (PE) e nasceu a partir das novas necessidades do setor financeiro, que passou a seguir a determinação do Banco Central e a adotar a captação de imagens no processo de compensação de cheques.

De acordo com Paulo Tadeu, diretor responsável pela Stefanini Document Solutions, a solução DSAntifraud traz benefícios significativos para o cliente. "Única no mercado, a solução traz como vantagens o baixo investimento, já que o cliente paga somente a licença e não precisa adaptar o maquinário; minimização de riscos e alto padrão tecnológico proveniente da solução antifraude, proporcionando mais eficiência operacional e segurança para os bancos", afirma Tadeu.

A solução consiste na geração de algoritmos de criptografia, responsável pela geração do código a partir do CMC7, que são impressos na folha do cheque e confrontados no momento da compensação no caixa do banco. O algoritmo tem como características básicas: Determinismo: uma sequência dos dígitos de um CMC7 que sempre leva a mesma sequencia de dígitos codificados; Velocidade: o tempo para geração do código de segurança a partir de um CMC7 é abaixo de 10ms; Segurança: código é obtido a partir de uma função irreversível e pelo processo de verificação não é suscetível ao processo de tentativa e erro.

"A geração do código a partir de um CMC7 impossibilita a identificação do código gerado. Esses são alguns aspectos primordiais que comprovam a segurança da solução antifraude. Dois cheques da mesma conta em sequência geram códigos completamente diferentes.", explica o executivo. O código de segurança CMC7 tem formato e tamanho definidos pelo banco, podendo ser numérico, alfabético ou alfanumérico. O tamanho do código pode ser de quatro a seis dígitos, possibilitando de 10 mil a 2 bilhões de combinações possíveis.

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top