Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Banco BS2 expande negócios com solução hiperconvergente

Postado em: 04/12/2017, às 22:11 por Redação

A Nutanix  anunciou que o Banco BS2 S.A., antigo Banco Bonsucesso S.A., adotou a solução Enterprise Cloud Nutanix como solução de hiperconvergência e conectividade para a nova operação de meios de pagamentos da instituição financeira de Minas Gerais. Os principais benefícios do projeto foram ganhos de produtividade em relação ao ambiente tradicional de infraestrutura de 80% e redução – também de 80% – no espaço no datacenter.

Criado em 1992, o BS2 S.A., antigo Banco Bonsucesso S.A., foi um dos pioneiros na modalidade de crédito consignado e agora, quase 20 anos depois, diversificou suas operações e criou uma empresa de meios de pagamentos, também conhecida como aquerencia, a ADIQ e precisava estruturar sua operação para suportar os novos negócios. A área de tecnologia, atendida por um braço do grupo – a BS2 Tech, que conta com 150 funcionários distribuídos por três células – infraestrutura, projetos e sistemas – foi a responsável pelo projeto.

De acordo com Rudy Cordeiro,  diretor TI, a ação começou em dezembro de 2016 e o principal objetivo era encontrar uma solução que aliasse alta disponibilidade, desempenho e escalabilidade a um custo atraente. "Não queríamos investir em uma plataforma que operasse como um elefante branco, mas sim na possibilidade de crescer de forma granular, passo a passo. Nosso grande desafio era escolher uma tecnologia que complementasse a infraestrutura do Banco, solucionando os gargalos já detectados", detalha.

"Além da ótima experiência e do desempenho altamente produtivo, o custo das soluções também foi bastante atraente", relembra Giannetti. Assim, o Banco adquiriu um sistema Nutanix para seu datacenter principal e nós adicionais para o datacenter secundário, responsável por toda operação de disaster recovery da instituição. A estrutura foi completada por uma solução para replicação síncrona, em uma rede de 10Gbps de fibra apagada, que hoje é a maior de Belo Horizonte (MG).

A infraestrutura do Banco BS2 conta com uma rede de clusters distribuídos em dois datacenters em collocation na Grande Belo Horizonte – um para operação e outro para disaster recovery. Com matriz em Belo Horizonte e uma filial em São Paulo, o Banco possui dois links redundantes de 100Mbps e dois links de 100MB de internet para conectar as duas unidades. Da matriz ao datacenter de operação, conta com um anel e dois links dedicados de 1Gbps e da matriz para a contingência, dois links de operadoras.

Os primeiros resultados e testes já mostraram as vantagens da solução. "Podemos falar sobre a densidade da nova estrutura, que apresenta até 80% de redução de espaço no datacenter – em comparação a uma estrutura convencional, enquanto aumenta o ganho de produtividade em até 80%", conta o executivo.  Um exemplo desse ganho, foi a execução do Plano de Contingência de Negócio (PCN) semestral, obrigação exigida pelo Banco Central para todas as instituições financeiras do país. "Nesse teste, precisamos desligar o site do Banco em nosso datacenter principal e recomeçar toda a operação no ambiente de contingência. Esta operação leva hoje na estrutura do Banco por volta de 1 hora. Esta execução no ambiente da ADIQ, com a Nutanix, leva 15 minutos, sem nenhuma intervenção ou queda do sistema", celebra Giannetti.

A facilidade dos upgrades também foi outra vantagem encontrada na solução da Nutanix. "É uma operação que precisa ser feita periodicamente e antes, fazíamos aos finais de semana para não atrapalhar o funcionamento das operações. Com a Nutanix, conseguimos atualizar tudo em horário comercial, sem parar o Banco, sem gerar hora extra e sem sobrecarregar minha equipe", revela o executivo.

Dentre os planos de expansão da instituição nos próximos anos, também está prevista a adaptação e atualização da infraestrutura atual e todo o legado para suportar a operação de um Banco digital. "Estamos prontos para crescer de forma granular ou se for preciso, para expandirmos rapidamente de forma ágil", antecipa dos Santos.

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top