Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Parceria cria serviço de integração eletrônica de comunidade de negócios

Postado em: 05/04/2013, às 16:13 por Redação

A Embratel e a Multicom.net formalizaram uma parceria que envolve a oferta de um novo serviço de troca eletrônica de documentos (EDI) para clientes do segmento corporativo, especialmente indústrias e empresas de serviços, finanças e governo.

Denominado CCS Embratel (Comunidade de Clientes de Serviços Embratel), o novo serviço provê uma plataforma para integração eletrônica de comunidades de negócios por meio de soluções de EDI, Web EDI e Web Services.

"Estamos focados em proporcionar ao mercado corporativo soluções que apoiem nossos clientes na obtenção de maior competitividade", afirma Ney Acyr Rodrigues, diretor executivo de serviços de valor agregado da Embratel.

Segundo ele, o CCS Embratel permite a integração eletrônica de comunidades de negócios oferecendo uma família de produtos em nuvem privada para empresas de pequeno, médio e grande porte.

 Evolução tecnológica do padrão de comunicação X-25 para a plataforma IP, o novo serviço integra soluções completas de EDI, Web EDI e Web Services com ferramentas de gestão, possibilitando a troca eletrônica de documentos entre empresas por meio de portais que transformam dados em informações gerenciais.

Uma de suas vantagens é a economia gerada a partir do uso de um único padrão de mensagem, compatível com os sistemas do governo. A plataforma também permite a criação de mapas e conversores de formatos, possibilitando a integração de novos processos ou parceiros com um único layout de entrada e saída de dados.

"Iremos proporcionar aumento da eficiência de nossos clientes, principalmente quando os negócios envolverem grandes volumes de transações, processos repetitivos ou demandarem troca de informações com rapidez e integridade ponto a ponto", diz Rodrigues.

De acordo com Jose Tadeu Bijos, diretor executivo da Multicom.net, a segurança será garantida pelo uso de sistemas de autenticação criptografados e ambientes seguros

Outra vantagem, acrescenta, é o ganho de produtividade no envio de dados para o Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) e a Receita Federal, já que o CCS Embratel também suporta o fluxo de documentos fiscais, como a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e o Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), e as operações do Sistema Brasileiro de Pagamentos (SBP).

Ao interligar a internet à rede privada dos clientes, os clientes podem integrar seus negócios, atualizar ou fazer pedidos em tempo real, gerenciar os estoques e realizar movimentações bancárias referentes às transações.

"A integração de cadeias de negócios em um único meio para troca de arquivos permite ganhos sem precedentes", explica Bijos.

A comercialização do CCS Embratel no mercado brasileiro será realizada pela equipe de vendas da operadora Embratel.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top