Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Neurotech faz parceria para incorporar inteligência ao sistema de monitoramento de tráfego marítimo

Postado em: 06/01/2014, às 15:00 por Redação

A Neurotech formalizou uma parceria com a canadense GSTS, fornecedora de serviços de monitoramento de tráfego marítimo tradicional. Com o acordo as empresas operarão em modelo consórcio para o desenvolvimento e comercialização do SIMPAT, um sistema inteligente para monitoramento marítimo global (Satellite AIS Data Mining for Intelligent Marine Solutions), por meio de análises avançadas de dados de Sistemas de Identificação Automática (Automatic Identification System – AIS).

A expectativa da GSTS é que após a conclusão do projeto, a receita acumulada bruta com o SIMPAT atinja 6,5 milhões de dólares canadenses no terceiro ano e mais de 20 milhões de dólares canadenses no quinto ano, em um modelo de negócios de compartilhamento de receita. O acordo prevê também que a Neurotech passe a  comercializar no Brasil o recém-lançado SIMPAT e a GSTS no mercado internacional.

"A Neurotech já atua há 13 anos desenvolvendo soluções para análise de risco empregando pioneiramente recursos de inteligência artificial. Temos uma atuação forte em risco de crédito mas estamos expandindo as fronteiras para outros setores como este projeto especial de grande porte em conjunto com a GSTS", explica Paulo Adeodato, sócio responsável pela estratégia de inovação da Neurotech.

O sistema SIMPAT contará com as características da atual oferta da GSTS incluindo funcionalidades inteligentes, tais como alertas automáticos e estimativas de risco de colisão de embarcações. Além do tráfego, é possível também identificar risco de pesca ilegal, risco de tráfico ou contrabando de drogas, armas, seres humanos, animais e produtos e riscos de danos ambientais.

A solução é destinada principalmente a portos, companhias de navegação e seguradoras de navios. Seu público-alvo também inclui Organismos de gerenciamento de segurança e proteção marítima, de segurança ambiental e os órgãos de controle de pesca.

Projeto Inovador

O Projeto entre a Neurotech e a GSTS faz parte de um programa bi-nacional Brasil-Canadá e conta com a expertise das duas empresas e do conhecimento acadêmico do Centro de Informática da UFPE (Universidade Federal do Pernambuco) e das Universidades de Dalhousie e de Ottawa, no Canadá. Será a primeira vez que a Neurotech aplicará a tecnologia de Domain-Driven Data Mining sobre dados geo-referenciados. Esta tecnologia será muito útil para a Neurotech no futuro desenvolvimento de soluções para logística com Big-Data Analytics. O investimento projetado deste programa é de cerca de CA$1.6 milhão em parte conquistados em editais de instituições de fomento à inovação do Brasil e do Canadá.

Acordo Binacional entre Brasil e Canadá

Em 2010, os governos do Brasil e do Canadá firmaram acordo de cooperação ciência, tecnologia e inovação para fomentar o desenvolvimento conjunto de projetos de P&D em áreas prioritárias. Os projetos têm que envolver uma empresa e um centro de pesquisa de cada país e será fomentado pelo ISTP (International Science and Technology Partnerships) no Canadá e pela fundação de amparo à pesquisa do estado que sedia a empresa brasileira.

Criada há 17 anos, a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco promove o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado de Pernambuco, através do fomento à ciência, tecnologia e inovação.

O International Science and Technology Partnerships (ISTP) facilita a criação de parcerias tecnológicas globais de empresas canadenses com as do Brasil, China e Índia por meio do co-financiamento de programas de P&D colaborativos com as instituições correspondentes.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top