Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Oi, Portugal Telecom e Cisco firmam parceria para rede mundial de data centers

Postado em: 10/10/2014, às 09:57 por Redação

A Oi e a Portugal Telecom firmaram parceria com a Cisco para integrar o programa Intercloud, rede mundial de nuvens interligadas que está sendo desenvolvida pela Cisco e seus parceiros, possibilitando uma nova geração de aplicações padronizadas em nuvem e a proliferação de nuvens híbridas seguras. Com uma grande rede de data centers no Brasil e em Portugal, incluindo a inauguração mais recente, de setembro de 2013, em Covilhã  – um dos maiores e mais ecológicos data centers do mundo, a Oi e a Portugal Telecom foram selecionadas pela Cisco para integrar o programa e prestar serviços de computação em nuvem e, portanto, eleitas para o fornecimento de serviços de cloud híbrida – nuvens privadas interligadas a nuvens públicas – na Intercloud.

Com a integração no programa Intercloud, a Oi e a Portugal Telecom passam a poder disponibilizar uma oferta de nuvem híbrida de elevado valor e potencial, com a possibilidade de prover serviços em nuvem com o armazenamento local, garantindo a soberania dos dados. Espera-se que este mercado seja uma das principais alavancas de crescimento do segmento de computação em nuvem, com taxa prevista de cerca de 30% nos próximos anos, devido à criticidade nos momentos de transição do ciclo de vida de clientes de serviços de computação em nuvem. Destacam-se como fatores diferenciadores desta oferta:

Extensão segura de Data Centers: Permite entregar conectividade segura e escalável para ampliar ambientes de nuvem privada do cliente para a nuvem do fornecedor, fornecendo segurança total de workloads.

Mobilidade de workloads: Permite ao cliente ter uma experiência idêntica e acesso à nuvem do fornecedor, permitindo a colocação de workloads onde for mais benéfico para o cliente.

Ambientes e workloads heterogêneos: Solução aberta que permite ao cliente a liberdade de colocar workloads através de ambiente heterogêneos, tanto em nuvens privadas como do fornecedor.

One-stop-shop: Ambiente de one-stop-shop onde os clientes podem contratar qualquer tipo de ambiente nuvem (privada, pública ou híbrida), de acordo com as suas necessidades

SLA end-to-end: Os clientes podem se beneficiar de acordos de níveis com elevados padrões, tanto ao nível da nuvem privada como pública.

A Cisco já tinha anunciado, em março de 2014, o desejo de se juntar a parceiros-chave em todo o mundo com a promessa de mudar de maneira radical a forma como os serviços na nuvem são comprados, vendidos e utilizados. E agora a empresa ampliou a Intercloud a mais de 250 data centers, num total de 50 países. Fazem parte deste programa 20 empresas de todo o mundo, como, por exemplo, Deutsche Telekom, British Telecom e Equinix, que se destacam pelo seu compromisso no desenvolvimento de serviços e tecnologias em nuvem. Assim como a internet potencializou uma maior eficiência nos negócios, também a Intercloud terá o seu papel fundamental para muitos deles, ajudando empresas e consumidores a gerirem as suas aplicações e experiências digitais, com análises em tempo real, custos associados apenas ao tipo de consumo identificado, escalabilidade quase infinita e total segurança.

Intercloud Cisco

Intercloud é uma verdadeira cloud of clouds global. O conceito traz em si um conjunto de novas oportunidades de negócio, permitindo a ligação de clouds fragmentadas e customizadas através de um conjunto de interfaces de programação de aplicações (APIs) abertas, viabilizando a aceleração dos negócios dos clientes. Aberta, segura e totalmente interoperável, a Intercloud vem fomentar múltiplas oportunidades econômicas em nível mundial, criando novas experiências de utilização de serviços de computação em nuvem.

Em colaboração com a sua rede de parceiros, a Cisco gere a Intercloud de forma partilhada com seus clientes, auxiliando-os na criação das suas clouds privadas com a possibilidade de ligação ao Intercloud, promovendo a criação de uma infraestrutura padronizada.

A Cisco anunciou ainda que irá começar a entregar aos seus primeiros clientes serviços de Cloud Híbrida, baseados natecnologia Intercloud Fabric, uma tecnologia diferenciada de interligação de ambientes cloud heterogêneos, atribuindo aos seus clientes uma rampa de acesso ao Intercloud e uma poderosa ferramenta de gestão de infraestruturas híbridas. Este serviço centraliza a gestão de clouds públicas, permitindo a mobilidade de workloads entre ambientes de cloud pública e privada e serviços cloud da Cisco (Cisco Cloud Services), num verdadeiro ambiente híbrido.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top