Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

BI móvel: mais que uma ferramenta, a nova realidade das empresas

Postado em: 12/05/2013, às 11:29 por Marcos Abellón

No começo de 2013 a agência de pesquisas americana Ovum anunciou: 2013 é o ano do Business Intelligence móvel. Motivos para acreditar nesta previsão não faltam. Em outubro de 2012, a Nucleus Research previu que a adoção do BI móvel iria duplicar este ano. A Forrester Research também chegou a resultado parecido, afirmando que o BI móvel estaria entre as prioridades das empresas em 2013. Sua última pesquisa afirma que 24% das empresas já utilizam soluções móveis de Business Intelligence.

Quem já teve acesso a uma solução de BI móvel sabe o quanto ela pode ser fascinante e, ao mesmo tempo, viciante. Digo isso por experiência própria. Depois que você tem acesso a dados, grids, relatórios, gráficos e pesquisas sobre a sua empresa e o seu mercado de atuação em qualquer lugar, fica impossível esperar até chegar ao escritório para conferir alguma informação.

A mobilidade é uma realidade cada vez mais presente em todos os segmentos de mercado. Os aplicativos móveis são prova disso. De pegar um táxi a conferir seus rendimentos no banco ou reservar uma mesa no restaurante: tudo está na palma da mão com um simples toque no aplicativo. No estudo "Uso de Meios de Comunicação em Telas Múltiplas", a Nielsen afirma que 36% da população já possui um smartphone. Além disso, o número de "celulares inteligentes" vendidos aumentou quinze vezes em apenas um ano, de 2010 a 2011. A venda de tablets também apresentou um crescimento vertiginoso: no mesmo período foi registrado um crescimento de incríveis 70%.

O mundo dos negócios não poderia ficar de fora. Os insights não têm hora nem local para acontecer, por isso poder cruzar dados direto do seu smartphone ou tablet é essencial. Segundo dados do Instituto Gartner, um terço das empresas terá acesso a ferramentas de BI através de seus dispositivos móveis em 2013.

No começo dos anos 90 era preciso explicar para as pessoas a importância de se ter internet. Hoje o acesso a web é algo básico, que não necessita de explicações. Com dispositivos móveis cada vez mais modernos – e a promessa de uma rede móvel de transmissão de dados ainda mais rápida e confiável – o BI móvel chegará, em breve, ao estágio de ferramenta habitual de trabalho. Você não encontrará mais artigos explicando como o Business Intelligence móvel pode ser útil, pois ele será algo recorrente nas organizações. No seu relatório "Trends to Watch 2013", a Ovum apresenta a seguinte posição: "Mobilidade de decisões não é mais algo legal de se ter, mas sim uma vantagem competitiva, um diferencial para as organizações."

Uma empresa verdadeiramente competitiva precisa estar preparada para tomar decisões estratégicas em qualquer lugar, a qualquer momento. E é justamente essa a função do BI móvel: mais do que ter acesso ao banco de dados de sua empresa, o empresário tem disponível dados de diferentes fontes e consegue cruzá-los de modo a chegar a decisões assertivas. Ele pode cruzar informações da sua empresa com a região onde ele se encontra, seus concorrentes de mercado, e muito mais. Ter um sistema disponível a qualquer momento permite que sempre seja tomada a melhor solução para o seu negócio. A realidade do mercado hoje é estar 100% conectado.

Um grande fabricante de ERP revelou alguns dados interessantes no seu último estudo, intitulado "Enterprise Mobility Benchmarking". O relatório demonstra que empresas com práticas mais maduras de mobilidade têm um crescimento de receita em média três vezes maior (10,8%) em comparação ao mercado em geral (3,4%). Esses dados demonstram o poder que a mobilidade tem.

É claro que para falar em mobilidade, temos que pensar também em redes de comunicação de dados. E o cenário brasileiro é bastante positivo. Com a vinda de grandes eventos para o nosso país, como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, a rede de dados 4G obrigatoriamente terá que estar em pleno funcionamento. Algumas empresas de telefonia móvel já estão testando sua rede 4G em algumas cidades, como São Paulo, Campos do Jordão, Búzios, Recife e Paraty. Imagine quando o 4G não for mais restrito a algumas pessoas, e sim algo a qual toda a população terá acesso. O Business Intelligence móvel só tende a crescer com esse cenário. Imagine as possibilidades para sua empresa.

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:"Tabela normal";
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:"";
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:"Calibri","sans-serif";
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:"Times New Roman";
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;}

Marcos Abellón, diretor geral da W5 Solutions

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top