Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Grupo Althaia/Equaliv adota operações na nuvem para redução de custos

Postado em: 12/11/2014, às 10:54 por Redação

O Grupo Althaia, indústria farmacêutica criada em 2010, detentora da marca do mesmo nome, e da nutracêuticos Equaliv, lançada em 2011, optou pela tecnologia de cloud computing fornecida pela CorpFlex para hospedar seu ambiente de TI. "Essa decisão nasceu junto com a criação das empresas. Entendemos que a redução de custos de infraestrutura de TI no momento de startup das operações seria essencial para alcançar as metas estabelecidas pelo Grupo", afirma Carlos Eduardo Rodrigues, gerente de TI do Grupo Althaia.

Segundo Rodrigues, o Grupo vem registrando um forte crescimento nas atividades. A empresa começou a operar em agosto de 2010, quando comprou uma planta fabril em São Paulo (SP), para a produção de medicamentos de outras indústrias farmacêuticas. Em 2011 também montou uma unidade na cidade de Atibaia. Após quatro anos de atividade, o laboratório Althaia já possui seis produtos genéricos e 30 submissões de registros aguardando aprovação pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O volume de produção também tem superado a casa dos 30 milhões unidades/ano.

"Hospedar nosso ambiente de TI fora de casa com um parceiro especializado como a CorpFlex nos trouxe tranquilidade e foco para gerir nossa TI a favor da melhoria dos processos internos. Atingimos um nível de confiabilidade na solução e nos serviços prestados que garantem maior disponibilidade para aplicações de missão crítica e escalabilidade para suportar o crescimento que estamos prevendo para os próximos anos", comenta.

Hoje o Grupo Althaia mantém seis servidores em nuvem com a CorpFlex de uso exclusivo para hospedagem do ERP SAP, com uma demanda de 50 acessos remotos. Para o gerente de TI do Grupo Althaia/Equaliv, o modelo de cloud computing veio para ficar. Na visão do executivo, o modelo contratado de cloud privada permite às empresas de médio porte, como é o caso do Laboratório, usufruir dos mesmos benefícios que antes só eram oferecidos para as grandes corporações. "Investimos cerca de R$ 8 mil/mês em um projeto de três anos com a CorpFlex e não precisamos dispor de grandes recursos na aquisição de equipamentos para a montagem de um datacenter e nem na contratação de mão de obra. Não enfrentamos o problema de depreciação da tecnologia. Estamos sempre atualizados tecnologicamente com o que há de mais moderno em infraestrutura de TI e o mais importante, sempre funcionando de forma segura, ininterruptamente e de forma transparente", enfatiza Rodrigues.

Prova disso, é que o faturamento do Grupo vem crescendo 100% a cada ano desde a abertura e deve repetir o bom desempenho em 2014. No ano passado, o Grupo registrou um faturamento de R$ 41 milhões. O número de funcionários também tem dobrado a cada ano. Hoje já soma 350, incluindo a Equaliv. "Para suportar esse crescimento, o apoio da CorpFlex tem sido fundamental. Nossa equipe de TI é bem enxuta, formada por cinco profissionais, que trabalham de forma integrada com os especialistas do fornecedor. É difícil mensurar os benefícios, mas os ganhos são percebidos no dia a dia quando não colocamos o nosso ambiente em risco e operamos sem paradas", conclui Rodrigues.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top