Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Instituto de Passo Fundo adota iPads e iPhones para identificação de patologias

Postado em: 14/01/2015, às 15:21 por Redação

O Instituto de Patologia de Passo Fundo (IPPS), nio Rio Grande do Sul, desenvolveu em 2011 um novo ERP, o Patologia Lab, para controlar procedimentos internos de forma mais segura, com níveis de acesso bem definidos. Agora o sistema ganhou um módulo específico para biólogos preencherem laudos via iPhone e iPad, permitindo mobilidade e rapidez de trabalho.

"Desde o início o Instituto busca disponibilizar a seus colaboradores e equipe médica o que há de mais moderno no mercado de tecnologia", diz Carmen Maria Tagliari", diretora Administrativa do IPPF. Acrescentando que "conseguimos isso através da parceria com a Implement Systems, que desenvolveu o Patologia Lab, que trouxe mais controle, melhores resultados e maior produtividade, beneficiando de forma direta pacientes, consultórios, clínicas e hospitais".

Fundado em 1975 pelos patologistas e citopatologistas Aventino Alfredo Agostini e Luiz Carlos Trindade, o Instituto de Patologia de Passo Fundo, é referência no Rio Grande do Sul em prevenção do câncer de colo de útero, utiliza um sistema desenvolvido em FileMaker para gestão interna de informações.

A parceria com a Implement Systems começou em meados dos anos 90, quando impulsionados pela crescente demanda de exames de patologia aos hospitais e clínicas de Passo Fundo e região norte do Estado (juntas abrangem mais de 1 milhão de habitantes), a direção do IPPF decidiu investir em um software único e 100% customizado às necessidades do negócio.

Surgia o Patologia Lab em sua primeira versão, totalmente desenvolvido em FileMaker, a plataforma de banco de dados da Apple. Era 1995 e a ferramenta viria a se tornar importante ferramenta de sustentação para agilizar rotinas de trabalho, facilitando e simplificando o fluxo de informações e o gerenciamento e armazenamento de dados. Em 2011, o sistema passou por uma reformulação completa, desta vez via parceria com a Implement Systems, membro da rede FileMaker Business Alliance no Brasil.

Novas rotinas de processamento e de cobrança de convênios, que eram manuais, foram criadas, facilitando o trabalho dos setores Financeiro e de Cobrança e diminuindo para horas o trabalho que antes era feito em dias. A impressão e entrega de exames também ganhou agilidade e maior segurança.

Mais de 30 funcionários e colaboradores do IPPF utilizam o ERP (que roda em Mac, junto com FileMaker Pro), com 100% de segurança na gestão de dados de mais de 16 mil exames mensais. O desenvolvimento e a implantação do novo Patologia Lab foram realizados em apenas seis meses, incluindo a importação dos dados prévios de milhões de registros desde 1995.

Tags: , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top