Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Como a vídeo colaboração apoia e transforma o dia a dia das indústrias

Postado em: 14/02/2014, às 12:09 por Mariane Takahashi

Como ganhar eficiência frente aos atuais desafios que o setor das indústrias no século 21? Atender às demandas relacionadas à globalização, tempo de colocação dos produtos no mercado, competitividade, pesquisa e desenvolvimentos, além de lidar com as regulamentações, cada vez mais rigorosas por parte das instituições governamentais, sem falar das questões operacionais, como a pressão que envolve redução de custos, diminuição de resíduos e treinamento/capacitação.

Qualquer empresa, seja ela uma multinacional ou uma empresa nacional com unidades de negócios espalhadas em diversas localidades do país, precisa que suas equipes colaborem efetivamente e de forma segura.

A tecnologia tem contribuído para ajudar a vencer as barreiras naturais do negócio. Um desses recursos é a vídeo colaboração, que permite às organizações responderem rapidamente a qualquer situação, e que agiliza em muito o processo de tomada de decisão, tornando-a mais eficaz, desde a discussão inicial até o compartilhamento das definições com os demais interessados. Com a ascensão do uso de dispositivos móveis de alta definição, essa colaboração é ainda mais atrativa e ampla. Ao sincronizar seus tablets e smartphones com a infraestrutura da empresa, os usuários passam a contar com a colaboração por vídeo entre as unidades remotamente, a partir de qualquer ponto com conexão com a internet. Com toda a segurança e criptografia para garantir a confidencialidade das informações compartilhadas e das conversas.

Uma das aplicações mais convencionais está relacionada à redução de custos e com o tempo despendido com longas viagens. As reuniões passam a ser realizadas tão logo sejam solicitadas, a partir de uma sala virtual, seja na mesa de trabalho do colaborador, em sua casa ou mesmo em um hotel não importando a localidade Só é necessário uma conexão de Internet para efetuar uma chamada por vídeo. Além disso, a empresa também favorece o meio ambiente com as pegadas de carbono positivias, pois deixa de usar transportes que possam causar danos ao meio ambiente. Outras aplicações neste setor é o uso de equipamentos para compartilhar e discutir projetos entre as filiais e matrizes, o que é muito comum em algumas montadoras do setor automobilístico. Além do que a aplicação de distance learning e a gravação dos treinamentos ficam  à disposição dos colaboradores das empresas. Além de diminuir riscos para os próprios colaboradores.

Com mais de dois mil funcionários e diferentes áreas de atuação, a IESA Projetos, Equipamentos e Montagens S.A, uma das empresas da Inepar S.A., 100% brasileira, especializada na fabricação de equipamentos pesados nas áreas de Geração de Energia, Equipamentos de Processo, Movimentação de Materiais, Transporte Metroferroviário e Compensação Reativa, é um exemplo de empresa que melhorou a qualidade de suas comunicações e modernizou a sua infraestrutura de colaboração. Uma plataforma de vídeo colaboração da Polycom, com alto padrão de qualidade, atende as seis unidades da INEPAR, localizadas em Araraquara (SP), onde se encontra a unidade industrial; Curitiba (PR), sede da Inepar Administração e Participações; Florianópolis (SC), instalações do Centro de Novos Negócios e Tecnologia (CNTI); Rio de Janeiro (RJ), sede da IESA Óleo & Gás, pertencente ao Grupo, e Polo de Macaé (RJ).

A solução é disponibilizada tanto nos níveis estratégico, como tático e operacional. Porém, sua maior utilização é pelo corpo diretivo em reuniões para discutir o planejamento estratégico das unidades, por exemplo. Os recursos disponíveis permitem compartilhar conteúdo, o que é feito especialmente durante as reuniões que envolvem tomadas de decisão, assim como em conexões externas entre a IESA e seus clientes. Estima-se que a iniciativa já tenha colaborado para uma economia de 60% nos custos despendidos com deslocamentos de equipe.

Outro ponto que incentiva o advento da vídeo colaboração são os avanços tecnológicos e inovações nas práticas de fabricação, ocorridos de forma expressiva nos últimos dez anos. Esse cenário colaborou para que os produtos também ficassem cada vez mais complexos, fazendo com que as indústrias criassem ainda mais dependência de sua cadeia de abastecimento. Isso acontece porque muito do talento e inovação empregado no processo produtivo está aquém dos muros dessas companhias. Esses fatores, combinados com a necessidade de acelerar a colocação dos produtos no mercado, transformam em aplicação de missão crítica os ambientes modernos de colaboração para as áreas de P&D. As soluções em alta definição, já disponíveis no mercado, permitem inclusive que o processo de desenvolvimento de produtos seja acompanhado remotamente: o engenheiro idealizador pode ver cada mínimo detalhe do produto "saindo do forno", a quilômetros de distância. Também é possível procurar por matérias-primas em qualquer lugar do mundo, sem sair do escritório, junto a todos os fornecedores que desejar, inclusive concomitantemente. 

Das áreas de logística, operação, vendas e marketing até a de compras, as aplicações de vídeo na indústria são inúmeras e bastante diversificadas, o que permite às companhias alcançar o ROI desejado em um período de tempo bastante curto. 

Mariane Takahashi, diretora de marketing para o Caribe e América Latina da Polycom

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top