Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Programa agiliza exames em hospitais da rede pública de São Paulo

Postado em: 15/04/2013, às 19:31 por Redação

Um ambiente composto por tecnologia de ponta e médicos com especialização em diversas áreas de radiologia garantem agilidade na realização de exames de diagnóstico por imagem em São Paulo, com emissão do laudo aos pacientes em até quatro horas.

Esse cenário é uma realidade em 13 hospitais da rede pública estadual que mantêm convênio com a Fidi (Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem), que atua na área de saúde pública há aproximadamente dez anos.

Em março de 2010, a instituição criou o Sedi (Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem), através do qual são realizados mensalmente uma média de 35 mil laudos de exames de diagnóstico por imagem.

"Trata-se de um projeto pioneiro na área da saúde pública, que vem promovendo avanços expressivos no atendimento à população não só em relação à rapidez dos laudos, mas também na qualificação dos radiologistas que atuam no serviço", afirma Dr. Jacob Szejnfeld, diretor presidente da Fidi.

Enquanto os pacientes são submetidos a exames, uma equipe de radiologistas com especialização em áreas distintas (neurologia, cabeça e pescoço, entre outras), 70 no total, se reveza para analisar e emitir laudos complexos em tempo hábil, para que os pacientes recebam os resultados em até quatro horas.

Essa agilidade permite o diagnóstico precoce, fator que aumenta significativamente as chances de tratamento de diversas doenças, como o câncer de mama, por exemplo.

"O diagnóstico preventivo também está diretamente relacionado à melhoria nos índices de qualidade de assistência à saúde, como redução das taxas de mortalidade e aumento da expectativa de vida", ressalta o José Roberto Fonseca, gerente médico da Fidi.

Segundo Vanessa Guilherme Carvalho, gerente das Centrais de Laudo da Fidi, em casos de urgência, os laudos do Sedi são concluídos antes, em até uma hora.

A central do Sedi, que tem 23 estações de trabalho de última geração, funciona 24 horas em um andar de um prédio comercial no bairro do Paraíso, em São Paulo.

Entre os funcionários, há profissionais na área de tecnologia da informação (TI), que dão suporte e garantem o funcionamento online da estrutura, biomédicos, para auxiliar os profissionais de saúde, e pessoal de administração.

Para chegar a análises tão complexas e precisas, a maioria dos médicos do Sedi possui vínculos com universidades, carreira acadêmica e especialização nas diversas subáreas da radiologia.

Além da preocupação com a qualidade dos profissionais, a estrutura do Sedi inclui ambientação especial e tecnologia de ponta. O ambiente onde ficam os médicos foi planejado especialmente para agilizar a elaboração dos laudos.

Há também um sistema de reconhecimento de voz para que os médicos não precisem digitar: eles gravam o laudo e um programa reconhece como texto no computador.

Para Armin Spirgatis, superintendente de TI e Operações, o fluxo de trabalho é aprimorado porque o médico não precisa parar para digitar e concluir o resultado.

Através do Sedi, o Fidi atende atualmente o Hospitail de São Mateus, Hospital Guilherme Álvaro (Santos), Hospital Pérola Byington, Mirandópolis, Hospital Brigadeiro, NGA Várzea do Carmo, Conjunto Hospitalar Sorocaba, Hospital Geral de Guaianazes, Hospital Infantil Darcy Vargas, Hospital Geral de Taipas, Hospital Vila Nova Cachoeirinha, Hospital Regional de Osasco e Hospital Ipiranga.

Tags: ,

3 Comentários

  1. BELENICE disse:

    ficou uma porcaria marcar os exames por telefone tei 3 dias e por um milagre divino consegui,o telefone toca e eles não atende varias pessoas aqui fora precisando com urgencia para marcar seus exames e eles fazendo hora com a saude alheia poderia melhorar muito mais se tivessem vontade de trabalhar.

  2. Michele disse:

    Estou à dois dias ligando sem pára e toca mais ninguém atende.
    Já liguei 68 vezes.

  3. suzi disse:

    Realmente está uma porcaria, o telefone toca, toca, toca e eles não atendem, faz dias que estou tentando marcar os exames do Pérola através dessa empresa terceirizada e nada, e não consigo, vai chegar o dia de passar com o médico e não consegui fazer os exames, no papel diz que o atendimento é das 07:00 as 18:00, outro dia fiquei ligando das 07;00 as 08:05 da manhã só chamava e nada de atender, depois liguei as 17:25 e não atenderam, sendo q os telefones estavam disponíveis, isso é um absurdo, uma vergonha.

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top