Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Rodovias paulistas implantam sistema de cobrança por trecho percorrido

Postado em: 16/05/2013, às 17:46 por Redação

O projeto Ponto a Ponto, de pagamento automático de pedágio e cobrança por trecho percorrido, está em curso em três rodovias paulistas, segundo a Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo).

O sistema já funciona em um trecho de 20 quilômetros da Rodovia Engenheiro Constância Cintra (SP-360), que liga Itatiba a Jundiaí; e em um trecho de 70 quilômetros na Rodovia Santos Dumont (SP-75), entre Campinas e Sorocaba.

Além disso, está sendo implantado em um trecho de 60 quilômetros da Rodovia Governador Adhemar Pereira de Barros (SP-340), entre Campinas e Mogi Mirim, passando por Jaguariúna.

O objetivo é atuar de forma mais justa na cobrança de pedágios, permitindo que os motoristas paguem por trecho percorrido. O projeto utiliza tecnologia RFID (identificação por radiofrequência) para leitura das informações sobre os veículos que trafegam nas rodovias.

O sistema funciona por meio de pórticos distribuídos ao longo das rodovias e neles são alocadas as antenas que fazem a leitura dos tags instalados nos automóveis. A cobrança pelos trechos percorridos é debitada dos créditos dos motoristas, por meio de sistema pré-pago.

Especializada em soluções de transmissão de dados, a Intermec já forneceu 250 mil tags para o projeto, as quais foram desenvolvidas em radiofrequência de 915 MHz, conforme o protocolo da Artesp.

"Os tags oferecem alto desempenho e podem ser utilizados pelas operadoras para outros tipos de cobrança. Esta versatilidade é um incentivo à adoção do sistema, pois o motorista terá o benefício estendido para suas rotinas dentro das cidades", ressalta Luiz Eng, diretor de vendas da Intermec.

Como o projeto visa também massificar o sistema de pagamento automático de pedágios, a meta é ampliar o sistema de forma gradativa para outras rodovias paulistas sob concessão, informa Giovanni Pengue Filho, coordenador do projeto Ponto a Ponto.

 "Também visualizamos a expansão do segmento, ao possibilitar a competitividade entre os fornecedores. Desde sua implantação, há pouco mais de um ano, o projeto se mostra cada vez mais viável e positivo com a oferta de benefícios ao usuário, que por sua vez sente no bolso uma importante economia mensal ao utilizar este sistema", diz.

Tags: , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top