Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Por que as empresas devem se preocupar em gerenciar as cópias de seus dados?

Postado em: 17/10/2017, às 01:03 por Bruno Lobo

O conceito de Copy Data Management (CDM) não é "novo" e o Gartner considera que sua adoção ainda é incipiente, mas que possui potencial por ser uma abordagem de tecnologia disruptiva para mercados bem estabelecidos. Como definição, podemos considerar o Copy Data Management como um espaço capaz de abordar o gerenciamento de todas as cópias de dados secundários.

A necessidade de gerenciamento de cópia de dados em si é semelhante ao que muitas organizações viram em termos de expansão da máquina virtual. Devido à existência de padrões e processos deficientes para rastrear os requisitos de propriedade e do ciclo de vida, as cópias de dados e os requisitos proliferaram a taxas não gerenciáveis. A necessidade de empregar uma estratégia para gerenciar essas cópias e mitigar os recursos consumidos por elas nasceu desse desafio. Em última análise, as razões pelas quais as empresas se embarcam na implantação de uma solução de Copy Data Management é acelerar sua capacidade de comercializar seus produtos e reduzir o gasto na infraestrutura e suporte de dados de cópia associados. No final, é importante ter em mente que o CDM não é uma solução em si, mas sim um recurso que suporta uma abordagem estratégica maior para o gerenciamento geral de dados.

Existem vários fundamentos que devem ser entregues por qualquer abordagem CDM e os principais pilares de uma estratégia e solução de CDM são os seguintes:

Visibilidade

Quais cópias eu possuo? Onde elas se encontram? Quem as utiliza? Por que elas existem? Como elas devem ser gerenciadas? Qualquer solução de CDM deve fornecer respostas a essas perguntas, descobrindo e gerenciando cópias instantâneas e existentes, ou criando-as e administrando-as internamente em sua infraestrutura. Sem essa visão das cópias, um solução de CDM pouco pode contribuir.

Visibilidade das próprias cópias, processos e procedimentos (existentes ou novos) que os administram, capacidade de integrar ou chamar processos existentes ou novos: são os ítens que compõem o primeiro pilar de Copy Data Management.

Usabilidade

De que maneira posso aproveitar uma solução de Copy Data Management? Como ela pode ser aplicada sobre a infraestrutura no local? É possível se adaptar e evoluir para novos requisitos de tecnologia? É importante deixar claro que usuários de soluções CDM não são usuários de TI, nem administradores e, tampouco, especialistas em infraestrutura. Eles são proprietários e desenvolvedores de aplicativos, realizam testes de perguntas e respostas, ou então pessoas não ligadas à TI. Para que uma solução CDM seja bem-sucedida com esses usuários, ela deve ser simples e não intrusiva, automatizada e ainda fornecer instruções claras sobre os processos que estão sendo executados.

Valor

Posso fazer com que meus clientes tenham acesso mais rápido às cópias de dados de que eles necessitam? Posso gerar mais eficiência para meus negócios? Posso simplificar e agilizar meu processo de TI para suportar minhas necessidades de cópias? A resposta deve ser "sim" para essas três perguntas.

Com as cópias identificadas (visibilidade) e os processos em vigor para gerenciá-las (usabilidade), as economias de custos podem ser geradas a partir da consolidação e eliminação das silos de cópias secundárias redundantes e infraestrutura associada. A estrutura de gerenciamento também ajudará a prevenir a proliferação de cópias desnecessárias e a mitigar o crescimento explosivo associado ao ciclo desenvolvimento – teste. Com automação adicional e conjuntos de ferramentas fáceis de usar para acelerar esses procedimentos, vemos o tempo necessário também reduzido. Com a infraestrutura sob controle, regulamentada e os procedimentos em vigor, o tempo de desenvolvimento global para o mercado é acelerado e o negócio impulsiona um valor ainda maior por meio dessa eficiência.

A chave para qualquer um dos casos de uso para Copy Data Management são os seguintes fatores: desempenho, segurança e experiência do usuário. O custo também está subjacente a tais aspectos, mas é óbvio que as reduções de custos devem ser realizadas em qualquer cenário. Dependendo do caso, pode haver diferentes requisitos de desempenho e segurança, mas comum a todos é a preocupação de custo e redução dos mesmos associados à própria infra-estrutura e suporte relacionados da equipe e outros sistemas. O tempo também é um custo que é medido em termos do tempo necessário para criar e atualizar essas cópias. Dado que essas soluções são usadas por não-TI, a facilidade de uso é fundamental para a aceitação de uma estratégia e solução de CDM.

Bruno Lobo, country manager da Commvault Brasil.

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top