Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Dicom cresce no mercado armazenamento de imagens médicas nas nuvens

Postado em: 24/02/2014, às 16:40 por Claudiney Santos

Ampliar de sua área de atuação com a contratação de representantes em outros estados é o objetivo da Dicom Grid Brasil, empresa de transmissão, compartilhamento e visualização de imagens e laudos médicos com armazenamento na nuvem, que vai completar um ano de atividade no país em julho próximo.

Segundo Gustavo Meirelles, diretor da empresa no Brasil, nesse pouco tempo de atuação em São Paulo já conquistou nove clientes, entre hospitais, clínicas e laboratório em cidades como Goiânia, Santos, Americana, Mogi das Cruzes e Guarulhos, que hoje realizam cerca de 8 mil exames por mês. "O laboratório faz pesquisa tendo como base os exames armazenados", explica.

A Dicom Grid foi criada em 2006 nos Estados Unidos, na cidade de Phoenix, Arizona, recebendo um investimento inicial de US$ 12,5 milhões, e hoje contabiliza mais de 800 milhões de imagens armazenadas.

Meirelles salienta que a empresa tem uma tecnologia patenteada (split and merger), pela qual o sistema faz a separação automática dos dados dos pacientes e exames realizados, ao enviar as informações para armazenamento. "Só no datacenter Tier 3 da Dicom, os registros são agrupados na hora de arquivamento, de forma que se alguém copiar um deles, nunca vai ter a informação completa, garantido assim privacidade e segurança dos dados".

Entre seus principais clientes figuram a Mayo Clinic, Memorial Hermann, Baptist Hospital South Florida e St. Joseph Hospital. Ela também faz parte do projeto RSNA ImageShare. "Oferecemos os mesmos serviços e produtos da empresa dos EUA, mas com adaptações para o mercado brasileiro e da América Latina, com suporte remoto pela operação norte-americana. O suporte local de TI é 24×7", diz o executivo.

Para ele, que é especialista em diagnóstico por imagem, o uso dessa solução vem solucionar problemas como alto custo de armazenamento e documentação dos exames (filmes, papéis e CDs); diminui a dificuldade dos médicos e pacientes visualizarem os CDs que normalmente apresentam má qualidade de imagem; também os custos aliados ao compartilhamento tradicional que envolve insumos, portadores e Correio; e muitas modalidades ainda sem documentação digital completa, como endoscopia, oftalmologia, etc.

"Além de eliminar custos envolvidos em todos esses processos, armazenar os exames nas nuvens traz acesso a qualquer momento e em qualquer lugar, pode ser visualizado por tabletes e smarthphones, Windows ou MAC OS e por ser VNA – Vendor Neutral Archiving, é compatível com qualquer sistema RIS e PACS", finaliza.

Tags: , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top