Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Pesquisa aponta engajamento profissional na área da saúde

Postado em: 25/05/2015, às 17:58 por Claudiney Santos

A Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) concluiu uma pesquisa inédita no segmento hospitais sobre clima organizacional entre seus associados, em parceria com a consultoria de gestão de negócios Hay Group. O objetivo é promover discussões que dizem respeito à gestão das lideranças, a partir de uma agenda de práticas que são pouco exercitadas nos hospitais, como relacionamento, reconhecimento e trabalho em equipe.

As empresas, de um modo geral, têm cada vez mais desafios quando se fala em gestão de Recursos Humanos, mas há setores que podem apresentar dificuldades ainda maiores. No caso da área da saúde, que na última década vem passando por forte processo de profissionalização, a gestão de pessoas pode se tornar um obstáculo ainda maior, por se tratar de uma atividade altamente complexa.

O estudo focou em dois grandes pilares: engajamento e suporte organizacional. E, nesse sentido, a parceria com o Hay Group foi fundamental para o setor, que não costuma trabalhar com essa ferramenta para identificar se estão no caminho certo. A pesquisa, que contou com respostas de mais de sete mil profissionais atuantes em centros hospitalares privados, referências em saúde no território nacional e membros da Anahp, apresentou resultados abaixo das práticas de mercado em relação ao clima organizacional.

Aproximadamente 61% dos colaboradores do setor percebem um clima favorável no ambiente de trabalho, no mercado geral esse número é de 64%. Levando em conta que os hospitais participantes são reconhecidos como os melhores do país, a expectativa era de um desempenho semelhante aos das empresas com as melhores práticas, que apresentam clima favorável para 75% dos respondentes. "Sabemos que existe um grande desafio de liderança em nossos hospitais e os problemas são comuns entre as instituições. Ainda temos uma gestão pouco amadurecida, que não utiliza ferramentas disponíveis. Precisamos de uma gestão menos técnica, do ponto de vista assistencial", afirma Fábio Patrus, superintendente de Recursos Humanos do Hospital Sírio-Libanês e coordenador do Grupo de Trabalho Gestão de Pessoas (GTGP) da Anahp.

Entre os aspectos que desafiam a gestão hospitalar, tendo em vista o perfil técnico do setor de saúde, continua sendo desenvolver planos de ação capazes de reverter os problemas e as falhas detectados. O estudo também traz à tona o cuidado para que os processos e estrutura de trabalho sejam eficientes, sempre buscando o que há de novo na área, e enfatiza a importância da cooperação entre os colaboradores e equipes. Para Eliana Guglielmoni, gerente do Hay Group, o desenvolvimento e retenção de equipes eficazes de lideranças deve ser o principal foco de atuação dos hospitais associados à Anahp.

"Com as ferramentas de gestão adequadas é possível fazer um benchmark das melhores práticas para desenvolver e reter líderes, equipes de liderança e outros talentos estratégicos que sejam fundamentais para sustentar o sucesso", conclui Eliana.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top