Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Cobol nas nuvens

Postado em: 26/11/2014, às 11:52 por Cyro Coral

A dobradinha Mainframe/Cobol sempre foi uma das mais movimentadas do mercado de TI, mesmo que essa história venha de longa data: há 50 anos. Aplicações desenvolvidas para mainframes em linguagem Cobol sempre foram extremamente seguras, rápidas na execução e tratamento de grandes volumes de informação, escaláveis e robustas o suficiente para suportar grandes operações. Dessa forma, a configuração foi adotada por grande parte de instituições com essas necessidades, em especial os bancos, seguradoras e empresas do mercado varejista.

Apesar do forte movimento do mercado pelo uso de aplicações em baixa plataforma nos últimos anos, Cobol seguiu firme. Tanto que atualmente, o Cobol está por trás de 70% das transações de negócios no mundo. E faz com que em um ano ocorra 200 vezes mais transações em Cobol do que buscas no Google e YouTube, juntos.

Hoje existe uma necessidade crescente para a transformação das aplicações Mainframe/COBOL em tecnologias modernas, envolvendo mobilidade, nuvem, acesso a dados em qualquer lugar, o que acabou criando um caminho sem volta, mesmo para os mais antigos defensores do Cobol. Essa necessidade é impulsionada por uma combinação de aumento de custos, crescimento de dados sem precedentes, a complexidade insustentável da arquitetura do aplicativo, e a crescente escassez de competências técnicas.

Para permitir que os aplicativos corporativos de grande porte possam ter a facilidade de explorar a agilidade e a redução de custos operacionais de ambientes distribuídos e/ou plataformas de computação em nuvem, uma das escolhas mais utilizadas é o da reescrita, ou modernização dos aplicativos.

A principal escolha pela modernização de aplicações COBOL está na velocidade do tratamento de grandes volumes de informação. A linguagem COBOL é fundamental para empresas que dependem desta rapidez para o sucesso em seus negócios.

Empresas tem utilizado a prática de tirar aplicações que rodam em Mainframe possam ser desenvolvidas e testadas em baixa plataforma, para depois serem publicadas em produção novamente no Mainframe. Mesmo que os dados estejam em formatos proprietários, existe a possibilidade de mudança para uma plataforma moderna e integrada às novas tecnologias. Essa estratégia favorece a agilidade na transformação das aplicações, sem onerar custos, prazos ou a segurança nos negócios para as empresas. O resultado, são soluções que rodam em .Net, Java e na nuvem, e são acessíveis por qualquer tipo de dispositivo móvel.

Os benefícios da modernização que os modelos em nuvem e as infraestruturas convergentes trazem para a TI das empresas são enormes. Sem contar o ganho de até 40% na produtividade do desenvolvimento de sistemas e a redução de até 70% nos custos operacionais com TI.

Cyro Coral, consultor de soluções da Micro Focus.

Tags: , , , ,

3 Comentários

  1. Segio disse:

    Infelizmente a empresa Micro focus, com objetivo de vender as suas ferramentas tenta mostrar uma necessidade de reescrever o código, mas existe soluções no mercado onde as empresas podem manter seu legado em cobol usufruindo dos recursos de nuvem.

  2. Cyro Coral disse:

    Olá Sergio, as soluções que você citou fazem parte de nosso portfólio.
    Acredito que você não tenha entendido o assunto principal deste artigo, que é a MODERNIZAÇÃO, ou seja, não tem nada a ver com reescrita.
    Nós da Micro Focus sempre oferecemos o que há de melhor em tecnologia para nossos clientes mas sempre modernizando o seu código, sempre aproveitando ao máximo de suas aplicações. A reescrita não faz parte de nossas ferramentas e nem parte de nossos planos.
    Espero que isso tenha esclarecido sua dúvida.
    Obrigado,
    Cyro Coral

  3. Jorge Mateus disse:

    Sergio,

    para a tua necessidade tem o netcobol da Fujitsu, vai te ajudar.

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top