Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Magazine Luiza ganha participação de mercado com vendas por canais digitais

Postado em: 11/11/2015, às 00:17 por Redação

O Magazine Luiza acaba de apresentar à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) seu resultado fiscal referente ao terceiro trimestre de 2015. Mesmo em meio a um cenário econômico desafiador, com projeções de queda de cerca de 3% no Produto Interno Bruto (PIB) do país ao final deste ano, a Companhia mostra uma série de números positivos.

Um dos mais expressivos é o avanço da participação das vendas digitais em relação ao total do faturamento no período. As vendas eletrônicas do Magazine Luiza cresceram 9,2% no terceiro trimestre de 2015, em relação ao mesmo período do ano passado, alcançando R$ 531,2 milhões. Atualmente, representam 22% do faturamento total da varejista – resultado da estratégia de digitalização, que tem como objetivo transformar o Magazine Luiza "numa empresa digital, com pontos físicos e calor humano".

O crescimento dos canais digitais, somado ao aumento do número de pontos de venda físicos (de 736 no 3o. trimestre de 2014 para 780 no mesmo período de 2015), levou à expansão da participação da empresa no mercado brasileiro de varejo de eletroeletrônicos e móveis. Com base na pesquisa mensal do comércio publicada pelo IBGE (PMC) e na análise de desempenho do setor de móveis e eletrodomésticos, a Companhia continuou a ganhar participação de mercado com desempenho superior ao do mercado.

Para adaptar-se aos desafios atuais da economia brasileira sem comprometer sua visão estratégica, o Magazine Luiza iniciou recentemente um processo de identificação de oportunidades para a redução de custos. O foco do trabalho são escritórios, centros de distribuição e melhoria dos processos. O core business tem sido preservado, demonstrando o equilíbrio das visões de curto e longo prazos. Nos primeiros nove meses deste ano, 24 pontos físicos foram inaugurados e 817 vagas geradas para apoiar essas operações.

Estratégia digital

O ano de 2015 vem sendo marcado pelo processo de digitalização, cujo objetivo é transformar o Magazine Luiza numa empresa digital, com pontos físicos e ''calor humano'', seguindo as mudanças de comportamento de compra do consumidor e a tendência global do varejo.

No final de outubro, a empresa lançou um aplicativo de vendas móveis, com inovações como a personalização das ofertas conforme o histórico de navegação do consumidor e a compra com apenas um toque. Nas duas semanas pós-lançamento, o novo app atingiu mais de 1 milhão de downloads.

Até o final do ano, 180 lojas físicas da rede vão operar no modelo digital de atendimento, com wi-fi disponível e vendedores equipados com smartphones que auxiliam a demonstração e comparação de produtos e tornam mais ágil o atendimento no ponto de venda, aumentando a produtividade total e melhorando a experiência de compra.

Graças às constantes inovações voltadas à melhoria do atendimento ao cliente, a operação de e-commerce da Companhia recebeu recentemente o selo RA1000, conferido pelo site de defesa do consumidor Reclame Aqui a empresas com excelentes indicadores nessa área.

A empresa

Com 58 anos de história, o Magazine Luiza, tem com 780 lojas  em 16 estados brasileiros.A empresa é a única em seu setor a contar com um centro de desenvolvimento de inovações, o Luiza Labs, cujo objetivo é levar inovação para as operações e contribuir para a estratégia de transformar o Magazine Luiza em uma empresa digital, com pontos físicos e calor humano.

A companhia é listada, desde maio de 2011, na Bolsa de Valores de São Paulo. Ao longo de sua história, realizou 13 aquisições, consolidando sua presença nacional. Atualmente, o Magazine Luiza emprega mais de 20 000 profissionais.

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top