Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Facebook intensifica ação contra bullying com adesão de autoridades e celebridades

Postado em: 14/06/2012, às 11:11 por Ana Lúcia Moura Fé

A rede social Facebook anunciou a adesão de celebridades e do governo estadual de São Paulo à campanha de prevenção ao bullying que desenvolve em parceria com o Cartoon Network e outras empresas e organizações não governamentais.

A iniciativa foi lançada em 29 de maio de 2012 na Cidade do México, e em setembro de 2011 nos Estados Unidos.

De acordo com a rede social, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o secretário estadual de educação, Herman Voorwald, e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Lu Alckmin, anunciaram o compromisso de divulgar a campanha nas escolas públicas estaduais.

"Nosso objetivo é, por meio desta grande iniciativa de conscientização e de novas ações de prevenção ao bullying, dar maior abrangência ao trabalho que já vem sendo realizado com essa mesma finalidade na rede estadual de ensino de São Paulo", diz Voorwald.

A campanha inclui divulgação do aplicativo social Chega de Bullying: Não Fique Calado. O programa tem o mesmo nome da iniciativa lançada pelo Cartoon Network no Brasil e na América Latina em 2011.

A expectativa do Facebook é que a ação provoque reflexão sobre o tema e encoraje testemunhas e vítimas a compartilhar histórias com amigos e familiares, atrair outros para o movimento e criar no Facebook seus próprios grupos de prevenção ao bullying nas escolas.

A ideia é possibilitar que alunos, educadores e pais assinem um compromisso com ações específicas capazes de ajudar a acabar com o problema. Interessados em assinar tal compromisso podem fazê-lo no site da campanha para o Brasil e nos websites Aprender Sem Medo e Visão Mundial.

De acordo com a rede social, celebridades como Claudia Leitte, Marcelo Tas, Ganso e Selena Gomez estão entre os que já compartilham, por meio de vídeos, o que pode ser feito para evitar o bullying.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top