Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mexicana Dada Room chega ao Brasil para alugar quartos pela internet

Postado em: 01/02/2016, às 11:49 por Redação

Cada vez mais, dividir apartamento a fim de reduzir custos é uma prática que cresce nos países da América Latina. Pensando neste cenário, a Dada Room chega ao Brasil para ajudar as pessoas a encontrar um quarto para alugar, não só pela residência em si, mas com base também nas características pessoais e sociais dos "roommates".

O site possibilita que o usuário encontre um colega de apartamento em todo o país, priorizando a afinidade entre pessoas que vão dividir o mesmo teto. O Dada Room é líder neste mercado no México e cresce a passos acelerados no Chile, Colômbia, Peru e Argentina. A chegada ao Brasil completa a estratégia de crescimento da empresa na América Latina.

A tendência de compartilhamento de residências tem crescido, especialmente em tempos de crise no país, quando as pessoas precisam reduzir custos, e também em início de período letivo, quando muitos estudantes saem de casa para estudar e precisam de residências próximas à universidade. Em São Paulo, maior cidade do país, a opção permite viver em bairros mais valorizados com custos menores. "São Paulo é uma cidade de muitas oportunidades para jovens de todo o mundo, mas também é uma cidade em que alugar ou comprar um apartamento é caro e burocrático. Ingressar neste mercado era um passo necessário e já estamos felizes com os resultados que estamos obtendo", conta Pamela Olvera, cofundadora do DadaRoom.com.

O fenômeno crescente de dividir apartamento acontece por vários fatores, como o alto valor do aluguel nos melhores bairros da cidade e o fato de os salários dos jovens profissionais não crescerem na mesma proporção. Nos últimos 10 anos, o aumento médio de imóveis em São Paulo foi de 192%, segundo o índice FIPE ZAP, muito acima da inflação. Obviamente o preço dos aluguéis acompanhou esta bolha imobiliária.

No Brasil, o perfil médio das pessoas que decidem dividir apartamento é profissional jovem, solteiro, recém egresso da universidade e com aproximadamente 27 anos, sendo 51% mulheres e 49% homens. A maior procura no país é a cidade de São Paulo, especialmente a região da Avenida Paulista, seguida por Vila Madalena e Centro.

Wayra e Telefónica Open Future

A DadaRoom é uma das empresas aceleradas pela Wayra (na unidade do México), aceleradora do Grupo Telefônica presente em 12 países. No Brasil há três anos, a Wayra é a principal aceleradora de startups do País, onde as 49 empresas digitais apoiadas desde 2012 já receberam investimentos diretos e de terceiros da ordem de R$ 38,6 milhões.

A Wayra oferece o pacote de aceleração mais competitivo do mercado, com investimento de US$ 50 mil por uma participação de até 10% na empresa e um ano de aceleração, além de sessões de capacitação, consultoria empresarial e conexão com investidores. Além do valor inicial do investimento em dinheiro, as startups utilizam toda a infraestrutura da academia para montar seus escritórios. O resultado é um portfólio de startups que já apresentam desempenho positivo no mercado.

A Wayra faz parte do Telefónica Open Future, iniciativa da Telefônica que reúne todas as atividades e projetos já existentes da Telefónica no campo da inovação aberta, apoiando pessoas, ideias e projetos em qualquer estágio de desenvolvimento, além de fazer a conexão com organizações públicas e privadas. O programa tem aplicado recursos de mais de 500 milhões de euros em startups e inovação, via programas Wayra e os fundos Amerigo e Telefónica Ventures. A empresa investe em projetos digitais inovadores com potencial de mercado, com o objetivo de promover o crescimento de talentos com ferramentas de aceleração de seus negócios.

As iniciativas do Open Future contam com a participação de organizações públicas e privadas, universidades e coinvestidores. Com uma rede global de 120 colaboradores, mais de 7.000 empreendedores e 18 espaços de crowdworking, o programa já contribuiu para a aceleração de 600 startups em 17 países na América Latina, Europa e Ásia.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top