Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Aplicativo promete transformar celular em conta digital sem custo para o usuário

Postado em: 16/03/2016, às 19:32 por Redação

Acaba de ser lançado no Brasil o Celcoin, um aplicativo que transforma um número de celular em uma conta digital, sem vínculo com bancos ou com operadoras de cartão, e sem cobrança de mensalidade e taxas de adesão. Com o app o usuário pode fazer transações financeiras de qualquer lugar e a qualquer hora com poucos cliques. Dá para transferir dinheiro para outros aparelhos, mesmo que não sejam registrados; pagar contas, recarregar celulares de qualquer operadora, comprar créditos para jogos, receber trocos eletrônicos e sacar valores para contas bancárias de mesma titularidade.

O aplicativo nasceu da iniciativa de empresários brasileiros com mais de 20 anos de experiência em tecnologia e finanças, e de empreendedores do Vale do Silício que investem em fintechs em diversos países.

Os sócios também acreditam que o público que não está satisfeito com os serviços financeiros disponíveis, especialmente os mais jovens, pode optar pelo Celcoin. Entre 2013 e 2015, segundo levantamento da Proteste, as tarifas bancárias subiram 169%, o que equivale a 8,6 vezes o aumento do IPCA.

"Acompanhamos de perto a evolução de projetos de mobile money e e-wallets em outros países emergentes, como o M-PESA, que é usado por mais da metade da população no Quênia, e o Paytm na Índia, que já possui mais de 100 milhões de clientes ativos. No Brasil, acreditamos que esse segmento ainda precisa ser preenchido", explica Marcelo França, CEO da Celcoin e fundador da empresa.

O executivo tem passagens pelo Banco Bozano Simonsen, Corretora Investshop.com, Resource IT, e era responsável pela área de Soluções do Lemon Bank, banco que operava exclusivamente por meio de correspondentes bancários, e que foi adquirido pelo Banco do Brasil em 2009.

Além dele, também investiram no projeto e são sócios: Michael Esrubilsky, ex-CEO do Lemon Bank; e Wences Casares, CEO da Xapo e membro do Board do Paypal.

Para utilizar o Celcoin, basta baixar o App, carregar o saldo em sua conta por meio de boleto ou transferência, TED ou DOC, e começar a fazer transações financeiras. Não há custo mensal, nem taxa de adesão, nem qualquer burocracia para abrir a conta digital. É necessário apenas ter um telefone. Celcoin também pode ser usado pela web e, algumas transações, como a consulta de saldo, recarga e encerramento da conta, por SMS.

Através de uma API de integração, empresas e parceiros podem enviar valores para qualquer usuário pelo celular. Ele recebe o dinheiro e acessa seu saldo, sem a necessidade de um cadastro prévio.

A empresa conta com uma rede de 460 pontos onde podem ser realizados saques em dinheiro. Mais de 29 mil clientes já fizeram ao menos um depósito. Com o lançamento e divulgação, os sócios esperam chegar a 300.000 clientes ativos até o final do ano.

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

1 Comentário

  1. Celia de Cassia disse:

    Gostaria de receber puplicações.

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top